No Dia da Consciência Negra, ‘Falas Negras’ resgata vozes da luta contra o racismo; saiba mais

Barbara Reis, Babu Santana, Taís Araujo, Izak Dahora, Mariana Nunes, Guilherme Silva, Tatiana Tibúrcio, Bukassa Kabengele, Aline Deluna, Reinaldo Junior e Olívia Araújo estão no elenco do especial 'Falas Negras' — Foto: Victor Pollak e João Cotta/Globo

Depoimentos de pessoas reais que combateram o racismo, a intolerância, a segregação racial, e lutaram pela liberdade e por justiça fazem parte de Falas Negras, o especial do Dia da Consciência Negra da Globo. Dos tempos mais antigos, como os relatos coloniais da rainha Nzinga Mbandi, que datam de 1626, até os dias atuais, o espírito de luta e de resistência dos povos afrodiaspóricos ultrapassa a barreira do tempo, os limites territoriais e permanece vivo.

Fabrício Boliveira,  Naruna Costa, Aílton Graça, Tulanih Pereira, Flávio Bauraqui, Valdineia Soriano, Angelo Flavio, Ivy Souza, Silvio Guindane, Heloísa Jorge e Samuel Melo também compõem o elenco de 'Falas Negras'  — Foto: Victor Pollak e João Cotta/Globo
Fabrício Boliveira, Naruna Costa, Aílton Graça, Tulanih Pereira, Flávio Bauraqui, Valdineia Soriano, Angelo Flavio, Ivy Souza, Silvio Guindane, Heloísa Jorge e Samuel Melo também compõem o elenco de ‘Falas Negras’ — Foto: Victor Pollak e João Cotta/Globo

Falas Negras é um projeto idealizado por Manuela Dias e dirigido por Lázaro Ramos, com exibição depois da edição especial de A Força do Querer nesta sexta, dia 20, e traz 22 atores interpretando falas históricas, todas em primeira pessoa. Além disso, a equipe de Falas Negras criou um baobá de proporções reais para o cenário. Lista reúne essas e outras curiosidades sobre o especial. Veja a seguir!

  • Falas Negras conta com 22 depoimentos reais de pessoas que lutaram contra o racismo, a favor da justiça e pela liberdade. Todas as falas são interpretadas em primeira pessoa.
  • Foram 10 dias de ensaio e preparação de elenco, tudo feito de forma remota.
  • A preparadora de elenco é a atriz Tatiana Tibúrcio, que atua no especial como Mirtes Souza, mãe do menino Miguel, morto depois de ser deixado sozinho dentro de um elevador por Sarí Corte Real – patroa de Mirtes.
Tatiana Tiburcio vive Mirtes Souza, mãe do menino Miguel, de 5 anos, morto em junho de 2020 — Foto: Glibo / Victor Pollak
Tatiana Tiburcio vive Mirtes Souza, mãe do menino Miguel, de 5 anos, morto em junho de 2020 — Foto: Glibo / Victor Pollak
  • Não é a primeira vez que Lázaro Ramos dirige Taís Araujo em um projeto. Ela, que no especial dá voz a Marielle Franco, foi dirigida pelo marido em “O Topo da Montanha” no teatro. Além disso, Lázaro Ramos foi responsável por assumir a direção do clipe de “Ombrim”, parceria de Projota com Taís, e de uma campanha publicitária estrelada por ela.
Lázaro Ramos e Taís Araujo juntos em 'O Topo da Montanha' — Foto: Jorge Bispo/Divulgação
Lázaro Ramos e Taís Araujo juntos em ‘O Topo da Montanha’ — Foto: Jorge Bispo/Divulgação
  • E vale lembrar que o casal já atuou junto em novelas, como Cobras e Lagartos e Geração Brasil, além das séries Mister Brau e Amor e Sorte.

Taís Araújo e Lázaro Ramos formaram par romântico em ‘Cobras e Lagartos’ e ‘Mister Brau’ — Foto: TV Globo

  • Após o BBB, Falas Negras marca a primeira aparição de Babu Santana em um projeto de TV. Antes disso, ele teve uma série especial de entrevistas no Gshow.
Babu participou do BBB21 — Foto: Globo
Babu participou do BBB21 — Foto: Globo
  • Samuel Melo, que interpreta o Malcolm X no especial, também está no ar em Laços de Família, no Vale a Pena Ver de Novo, como o Tide.
Samuel Melo nos bastidores de 'Laços de Família', com Carla Diaz, e nos bastidores de 'Falas Negras' — Foto: Reprodução/Instagram; João Cotta/Globo
Samuel Melo nos bastidores de ‘Laços de Família’, com Carla Diaz, e nos bastidores de ‘Falas Negras’ — Foto: Reprodução/Instagram; João Cotta/Globo
  • Heloísa Jorge é uma atriz angolana e vive Nzinga Mbandi, rainha do Reino do Dongo e Matamba, também nascida na Angola. Em uma entrevista, Heloísa Jorge contou que interpretar a majestade foi mágico e desafiador ao mesmo tempo.

“A rainha é uma referência muito valiosa para a construção da nossa história e identidade em Angola. Quando eu falo da Nzinga, me lembro da minha infância no meu país, me traz a sensação bonita do pertencimento, lembro com saudade do bairro da Maianga em Luanda onde eu estudei, dos primeiros livros de história que contavam que a Njinga foi a mulher destemida e astuta que lutou até quase os 72 anos de idade contra a coroa portuguesa. A Nzinga é um dos mais importantes símbolos nacionais que nós temos lá.”

  • Izak Dahora fez participação em Toma Lá Dá Cá, série exibida aos sábados na Globo. Ele reviveu o Saci Pererê, papel que interpretou na segunda versão de O Sítio do Picapau Amarelo.
Izak Dahora no 'Sítio do Picapau Amarelo', em 'Toma Lá Dá Cá' e 'Falas Negras' — Foto: Globo e
Izak Dahora no ‘Sítio do Picapau Amarelo’, em ‘Toma Lá Dá Cá’ e ‘Falas Negras’ — Foto: Globo e
  • E, estudando para o projeto, Izak Dahora descobriu um desses elementos misteriosos que ligam ator e personagem: um dos filhos de Toussaint Louverture, personagem que o ator interpreta em Falas Negras, se chamava Isaac.
  • A antropóloga Aline Maia, que também é consultora de Falas Negras, deu aulas sobre os personagens e suas trajetórias.
  • Um baobá de proporções reais – com cinco metros de altura e a copa de seis metros de diâmetro – esteve dentro do cenário para abrir o especial.
  • O baobá, símbolo da África, ficou pronto em duas semanas pela equipe de cenografia do projeto.
Baobá em proporções reais ficou pronto em duas semanas pela equipe de cenografia de 'Falas Negras'. Na foto, Heloísa Jorge vive a rainha Nzinga Mbandi — Foto: Victor Pollak/Globo
Baobá em proporções reais ficou pronto em duas semanas pela equipe de cenografia de ‘Falas Negras’. Na foto, Heloísa Jorge vive a rainha Nzinga Mbandi — Foto: Victor Pollak/Globo

Falas Negras, o especial de Dia da Consciência Negra da Globo, será exibido hoje, logo depois de A Força do Querer. Idealizado e organizado por Manuela Dias, Falas Negras é dirigido por Lázaro Ramos, conta com Thaís Fragozo na pesquisa e Aline Maia como consultora e pesquisadora. Integram o elenco do especial Fabrício Boliveira, Babu Santana, Guilherme Silva, Ivy Souza, Naruna Costa, Taís Araujo, Heloísa Jorge, Barbara Reis, Mariana Nunes, Izak Dahora, Silvio Guindane, Olivia Araujo, Reinaldo Junior, Aline Deluna, Flávio Bauraqui, Bukassa Kabengele, Angelo Flavio, Samuel Melo, Aílton Graça, Tulanih Pereira, Valdineia Soriano e Tatiana Tibúrcio. (Gshow)