Operação Alcateia apreende carros avaliados em mais de R$ 100 mil com milicianos na BA

-
Foto: Divulgação / SSP-BA

A Operação Alcateia, deflagrada nesta quinta-feira (29) em Salvador, Feira de Santana, Paulo Afonso e Petrolina-PE, apreendeu armas, celulares e carros com os policiais militares presos nesta manhã, acusados de integrarem um grupo miliciano.

Dentre os seis automóveis apreendidos, cinco deles são avaliados em mais de R$ 100 mil em suas versões mais básicas de 2020, conforme a tabela da Fundação Instituto de Pesquisas Econômicas (Fipe).

Tratam-se de três Corollas (Toyota), avaliados em R$ 115 mil cada um na tabela Fipe; um Civic (Honda), de R$ 151 mil; um SW4 (Toyota), de R$ 161 mil; e um T-Cross (Volkswagen), de R$ 76 mil.

O investigados são acusados de participação em grupo criminoso envolvido em homicídios, tráficos de drogas e lavagem de dinheiro. Por esses motivos, a Justiça determinou a prisão de cinco policiais militares e outros dois não militares.

Além disso, houve o afastamento cautelar das funções públicas e proibição de uso dos serviços militares por 180 dias ao tenente-coronel Carlos Humberto Moreira, mais conhecido como “Cachorrão”.