Paciente com coronavírus é preso após tossir de propósito em faxineira; profissional também relatou assédio

-
Foto: Jornal Subrayado

Um dos pacientes da Covid-19 foi detido pela polícia do Uruguai nesta terça-feira (7/4) após tossir no rosto de uma profissional de limpeza de propósito, segundo o site uruguaio A Plateia. Além disso, ele assediou a profissional e tentou abraçá-la. 

O paciente tem 73 anos e tentou se aproveitar da faxineira enquanto ela limpava seu leito, no último domingo (5/4), no Hospital de Riviera. De acordo com o jornal local Subrayado, o idoso teria dito para a auxiliar de limpeza “quão bonita você é”, enquanto levantava e a abraçava.

Como a mulher o empurrou, o homem tossiu deliberadamente no rosto dela, a cerca de 50 centímetros de distância. A funcionária, que estava de máscara e luvas, foi direto à emergência do hospital, onde relatou o caso e fez o exame para saber se contraiu o novo coronavírus. 

Ainda não há informação se o teste foi positivo. O estado de saúde do idoso não foi divulgado, mas ele está em custódia policial dentro do hospital. (Aratu)