Pai de Lucas Terra morre quase 18 anos após assassinato do filho em Salvador

Foto: Reprodução / Facebook Marion Terra

O pai do adolescente Lucas Vargas Terra, que foi morto em 2001 em Salvador, veio a óbito nessa quinta-feira (11), na capital baiana. José Carlos Terra faleceu aos 65 anos no Hospital Ernesto Simões, onde estava internado desde terça (19). A notícia foi confirmada pela esposa dele e mãe de Lucas, Marion Terra, no Facebook. “Hoje o amor da minha vida, meu companheiro há 46 anos, foi vencido pelo sofrimento de busca por justiça e impunidade, as lágrimas e dor da separação e a voz de Carlos Terra se calaram”, disse a viúva na publicação. Segundo informações do G1, ele foi internado após sofrer uma parada respiratória em consequência de uma cirrose hepática. A doença foi descoberta no ano passado, quando o casal estava em Roma, na Itália. De acordo com sua esposa, ele teve seu estado de saúde agravado em novembro, depois de saber que a decisão que indicou o envolvimento do bispo Fernando Aparecido da Silva na morte de seu filho foi anulada pelo ministro Ricardo Lewandowski, do Supremo Tribunal Federal (STF). O magistrado alegou falta de provas para tomar a decisão.

“Foi um baque para nós, mas, mesmo assim, ele não desistiu. O tempo inteiro, ele buscava respostas. A gente não entendia porque o processo estava aqui em Salvador e ainda não tinha sido julgado. Ele só pensava nesse processo

  • TAGS