PF prende suspeitos de ocultar corpos de Bruno e Dom

Foto: Reprodução/TV Globo

A Polícia Federal prendeu três pessoas suspeitas de participação na ocultação dos corpos do indigenista Bruno Pereira e do jornalista Dom Phillips, assassinados em 5 de junho na região do Vale do Javali (lembre aqui). As informações são da Folha de S. Paulo.

A prisão ocorreu durante uma operação contra pesca ilegal na região e sete mandados de prisão, expedidos pela Justiça Federal, foram cumpridos. Os alvos da operação são integrantes de um grupo que atua com pesca ilegal na terra indígena Vale do Javari e nas imediações.

De acordo com a PF, eles são ligados a Amarildo Oliveira, o Pelado, denunciado pelo MPF (Ministério Público Federal) por ter participado do assassinato de Bruno e Dom, e a Ruben Villar, o Colômbia, investigado por participação em esquema de pesca na região.

Pelado e Colômbia estão presos preventivamente em Manaus. O primeiro, pela participação no duplo homicídio. O segundo, por uso de documentos falsos de identificação do Brasil, do Peru e da Colômbia. (BN)

Veja mais notícias no vozdabahia.com.br e siga o site no Google Notícias