PGE realinha contratos e ponte Salvador-Itaparica pode sair ‘em breve’, aponta Seinfra

Foto: Divulgação

Os contratos que emperravam o início da obra da ponte Salvador-Itaparica (reveja aqui) não devem mais interromper a execução. De acordo com Saulo Pontes, superintendente da Secretaria de Infraestrutura (Seinfra), o projeto terá início “em breve” e a Procuradoria-Geral do Estado (PGE) já fez o reequilíbrio econômico-financeiro dos contratos.

“O momento que nós passamos no país. O asfalto. A PGE já aprovou o realinhamento dele [contrato de asfalto], já estávamos começando com as empresas abandonando as obras e as licitações desertas. Além também do aço e do cimento. Com isso dificulta o início de obras. Mas está superado e teremos esse sonho”, disse Saulo, durante entrevista ao Bahia Notícias no Ar, da Salvador FM, na última terça-feira (18). 

Além disso, o superintendente apontou que os estudos ambientais já estão todos concluídos. “Em breve [haverá o início da obra]. Houve realmente esse problema do aumento do aço, do cimento, exorbitante. E com isso os realinhamentos. Então, em breve esse sonho será nosso. Em 1990 já pensamos nessa ponte. Temos 30 anos desse sonho da ponte”, acrescentou. 

O governador Rui Costa (PT) já tinha divulgado que a alta nos insumos da construção civil teriam impacto no valor da obra. O aumento considerável fez com que a obra, antes prevista em R$ 5,4 bilhões, agora passasse para R$ 9 bilhões (reveja aqui). A Secretaria de Infraestrutura (Seinfra) tinha a expectativa de começar as obras ainda no primeiro semestre de 2022. A informação foi confirmada pelo titular da pasta, Marcus Cavalcanti (veja aqui)

Outro ponto que emperrava o empreendimento era o pedido de autorização para dar início às obras do equipamento. O pedido foi protocolado no último dia 16 de dezembro e foi o primeiro registro documental da travessia junto à prefeitura da capital baiana.