Pitaya amarela é mais doce e muito nutritiva! Conheça seus benefícios

Pitaya amarela é uma versão bem doce e nutritiva da fruta - é fonte de fibras, prebióticos, flavonoides, vitaminas A, C, antioxidantes, ômega 3 e diferentes minerais

De sabor bem doce e suave, com notas florais, a pitaya amarela tem uma casca espessa e uma polpa mais macia, de cor branco-acizentada. Ela costuma ser mais comprida e fina que as demais versões e tem um sabor bem interessante, que se assemelha um pouco ao do kiwi e do cacto. Embora seja considerada a versão mais rara da fruta (por ter um cultivo mais difícil), ela costuma ser a mais saborosa e ainda fornece uma grande quantidade de nutrientes importantes. Quer saber mais sobre os benefícios da pitaya amarela e como consumi-la de diferentes maneiras? É só continuar lendo!

Para que serve a pitaya amarela?

Assim como os outros tipos de pitaya (branca e vermelha), a amarela é bastante rica em vitaminas, minerais e agentes antioxidantes, sendo bem completa em termos nutricionais. Confira as suas principais vantagens:

Fruta é rica em fibras alimentares e prebióticos

Você sabia que a pitaya amarela é uma grande aliada para o sistema digestivo? Isso porque ela tem alto teor de fibras alimentares, que garantem mais saciedade e contribuem para o bom funcionamento do aparato gastrointestinal. Além disso, a fruta fornece substâncias prebióticas, que aumentam as bactérias benéficas do intestino, auxiliando na digestão.

Contém flavonoides, vitaminas A, B3 e C

Outro diferencial da pitaya amarela é que ela fornece uma polpa rica em flavonoides (agentes antioxidantes), vitaminas A, B3 e C, que melhoram a saúde da pele, dos cabelos, fortalecem a imunidade e ajudam no controle do colesterol. Uma boa dica, inclusive, é consumir essa fruta logo após o almoço – assim, é possível otimizar a absorção de ferro e de outros nutrientes ingeridos na refeição principal.

Tem ação anti-inflamatória e leve efeito laxativo

Além de fornecer compostos antioxidantes, que fortalecem a imunidade, a pitaya amarela também é rica em substâncias anti-inflamatórias e tem leve efeito laxativo. Ou seja, ajuda a prevenir gripes, resfriados, possíveis inflamações e é ótima para quem tem constipação intestinal.

É fonte de ômega 3 e outras gorduras boas

Por conter ômega 3 e outros ácidos graxos (gorduras boas), a pitaya amarela é ótima para a saúde do cérebro, do coração, tem ação anti-inflamatória e ainda ajuda a controlar o colesterol a longo prazo.

Fornece ferro, potássio e magnésio

Fonte de minerais importantes, como ferro, potássio e magnésio, a fruta ajuda a prevenir a anemia, faz bem para o fortalecimento dos ossos, músculos e do sistema respiratório. Por conta disso, inclusive, ela é muito indicada para a alimentação de quem pratica exercícios físicos regularmente.

Como comer pitaya amarela?

Além de consumir a polpa da fruta in natura, outra dica interessante é usá-la no preparo de sucos, smoothies, saladas e geleias. Por ser bem docinha, esse tipo de pitaya dispensa o uso de açúcar ou adoçante. Para comê-la de forma fácil, basta cortá-la ao meio e, então, comer a polpa com uma colher. (Conquiste sua Vida)