Prefeito de Ouriçangas é multado em R$ 50 mil após extrapolar gasto com pessoal

-
Foto: reprodução

O Tribunal de Contas dos Municípios da Bahia (TCM-BA) rejeita as contas de Ouriçangas, no centro norte baiano, referentes ao exercício de 2018, além de multar o prefeito, Antônio Dias Marques (PSL), em mais de R$ 46 mil. O valor, imputado durante a sessão desta quarta-feira (20), corresponde a 30% dos subsídios anuais do gestor.

A punição acontece, porque o prefeito extrapolou os gastos com pessoal, desrespeitando a Lei de Responsabilidade Fiscal. O relator do parecer, conselheiro Antônio Emanuel de Souza, ainda imputou multa de R$ 4 mil, em razão das demais irregularidades constatadas durante a análise das contas.

No ano em questão, a despesa total com pessoal alcançou pouco mais de R$ 13,4 mil, o que representa 71,51% da receita corrente líquida do município, superando o limite de 54% imposto por lei.

O relatório do TCM-BA também apontou a existência de déficit orçamentário, baixa arrecadação da dívida ativa, entre outros fatores. Cabe recurso da decisão.

(Bocão News)

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui