Vera Cruz: Prefeitura expressa preocupação com ausência de restrições do governo no ferry e lancha

Foto: Divulgação

Após centenas e milhares de apelos nas redes sócias pedindo a intervenção das prefeituras de Itaparica e Vera Cruz e do governo do estado para que em conjunto criem um plano de contenção para o combate a proliferação do vírus principalmente com a AGREBA e a SEINFRA, pois nestes períodos o sistema Ferry -Boat e as lanchas tem um acréscimo muito grande superando sempre as expectativas de ano a ano, a prefeitura de Vera Cruz através da sua página nas redes sócias emitiu uma nota afirmando que já teve várias tentativas de dialogo com o governo do estado da Bahia para juntos fazerem esse trabalho.

Uma iniciativa que não poderia ser de outra forma, afinal se trata de vidas e vidas é preciso serem tratadas com muita atenção, sabendo que se faz necessário que também cada município tomem as suas medidas individualmente.

Veja a nota:

Prefeitura de Vera Cruz expressa preocupação com ausência de restrições pelo Governo no Ferry Boat e Lancha.
O Prefeito de Vera Cruz, Marcus Vinicius, tem solicitado ao Governo do Estado, tanto à SEINFRA, responsável diretamente pela operação, quanto ao próprio governador, que seja estabelecida, em parceria com as prefeituras da Ilha, uma operação de restrição nas datas festivas, principalmente para o Natal e Réveillon. Até agora não houve resposta por parte do Governo.
Com a normalização de horários e retorno à capacidade de operação em 100%, acredita-se que filas imensas se formarão para ilha, tornando impossível o controle com este volume de pessoas já nas duas cidades.
A proposta do Prefeito é que os sistemas de travessia parem para o público em geral em datas estratégicas antes do Natal e Réveillon, com a colocação de embarcações de ida e volta apenas para moradores das cidades.
Com a restrição nos sistemas de travessia marítima, a Prefeitura de Vera Cruz conseguiria também fazer o controle de entrada de veículos na ponte do funil. “Com os ferrys e lanchas operando normalmente e descarregando centenas de veículos na ilha a cada hora, seria enxugar gelo a Prefeitura ficar barrando veículos na ponte do funil” afirma o Prefeito, que lamenta a ausência da Prefeitura de Itaparica para unir forças junto ao Governo.
Até agora o Governo do Estado não divulgou nenhum tipo de restrição na operação e nem paralisação. (visaocidade)