Presidente do BID diz que real é a moeda mais subvalorizada do mundo

O presidente do Banco Interamericano de Desenvolvimento (BID), Mauricio Claver-Carone, declarou que o mercado estrangeiro tem estado mais confiante com os negócios no Brasil, e que o real é a moeda mais subvalorizada atualmente no mundo.

“A inflação está em toda parte do mundo, e os investidores estão avaliando o risco, mas com confiança. Estão confiantes também que o real é a moeda mais subvalorizada no mundo inteiro hoje em dia”, disse Mauricio Claver-Carone em entrevista à CNN Brasil.

O presidente do BID está no país participando do Brazil Investment Forum, um dos principais eventos de investimentos estrangeiros da América Latina.

“A economia está crescendo, estão acontecendo novas inclusões no mercado. O que estamos vendo agora é uma derrocada da China e uma ascensão do Brasil”, pontuou.

Claver-Carone ainda ressaltou a entrada de capital no Brasil por conta da preferência pelos mercados chineses.

“Pela primeira vez nas nossas vidas, estamos vendo dinheiro saindo da China e entrando no Brasil, um destaque nos mercados emergentes nos quais os chineses são referência”, afirmou.

“Está entrando investimento no Brasil em um nível recorde”, finalizou. (Bahia.ba)

Veja mais notícias no vozdabahia.com.br e siga o site no Google Notícias