Público associa Caio Paduan a acusações de violência de atrizes; ator nega

-
Montagem: Bahia Notícias

Nas últimas horas, o nome do ator da Globo Caio Paduan virou um dos assuntos mais comentados no Twitter por causa de uma suposição de internautas de que ele seria responsável por agressões a duas atrizes com quem se relacionou. No final do mês passado, a sua ex-namorada e também atriz, Julia Konrad, fez uma carta aberta à revista Claudia falando que foi estuprada por um parceiro, que não foi identificado por ela.

“Fui jogada na cama. Tentei beijá-lo para acalmar um pouco aquela afobação toda, mas de nada adiantou. Segundos depois minha roupa já tinha sido arrancada, ele tirava as calças com uma velocidade absurda, e antes que pudesse pensar em reagir, fui penetrada. Tudo acabou tão rápido como tinha começado. Não tive sequer tempo de pedir que ele usasse camisinha. Lembro de falar pra ele, imediatamente após o ato, que não transava sem proteção, mesmo usando pílula, já que uma gravidez não planejada não seria minha única preocupação”, observou.  

“Consentimento é um território nebuloso, especialmente quando se trata de um casal. Se eu deixei, é porque eu queria, certo? Foi consentido, apesar do sangramento que virou rotina pós-sexo. Aprendi a lidar com a dor ao urinar. O problema era meu, afinal, eu era frígida, teria algum bloqueio mal resolvido, insinuava ele. A única vez que tentei conversar sobre como eu gostava de transar, fui humilhada, enquanto ele gritava que eu não sabia o que era sexo com um homem de verdade. Chorei calada enquanto escutava cada ofensa. Era meu dever satisfazer aquele homem. Mesmo não querendo. Mesmo sentindo repulsa do toque. Mascarava a situação quando meu corpo, estremecido, reagia se afastando dele. Eu disfarçava, dizendo que eram só cócegas”, relembrou. 

No texto, a artista disse que tinha medo da reação dele se falasse a verdade. “Acabei acreditando na narrativa de que o problema era meu, de que o problema era eu. Criei táticas para tudo aquilo acabar o mais rápido possível – se eu ficasse de quatro e fingisse um orgasmo, ele gozava logo. E então poderia cuidar do meu corpo e mente dilacerados, e ganhar algumas semanas de sossego. Durante anos, fui estuprada sem saber, cumprindo meu ‘dever de mulher’”, detalhou em outro trecho. 

Caio e Julia namoraram por três anos e, por isso, foi feita a associação ao artista. Em reposta à colunista Fabia Oliveira, a assessoria jurídica do global resumiu-se a dizer que “Caio Paduan não sabe nada dos fatos e não responde a processo criminal ou mesmo a investigação”. Para completar as suspeitas do público, nesta segunda-feira (13), a ex-atriz da Globo, Juliana Lohmann, resolveu desabafar sobre quando foi estuprada por um diretor quando tinha 18 anos.  

Na mesma publicação, Lohmann lembrou que quando contou a um namorado – também não identificado pela atriz-, e ele disse que a culpa tinha sido dela. Em detalhes, ela revelou os abusos que ele fez com ela. “Eu e esse namorado tivemos um relacionamento relativamente duradouro por volta dos meus 20 anos, no qual constantemente sofri violências psicológicas, verbais e físicas”, contou. Caio e Juliana namoram por 1 ano e 8 meses. O relacionamento teve início em 2011 quando faziam parte de “Malhação”.  

“Sempre muito ciumento, ele me tolhia no meu modo de dançar, de me vestir, de trabalhar e de me comunicar com as pessoas. As violências físicas começaram aos poucos: recebia apertões fortes e disfarçados quando ele queria que eu parasse de falar na frente de alguém e, quando estávamos à sós, ao se irritar, levava a mão fechada em direção ao meu rosto, mas socava a superfície atrás de mim. Uma vez, ele me empurrou no chão e caí uns três ou quatro metros depois. Fiquei mancando alguns dias, o que me fez ter que inventar uma desculpa no trabalho. Ele colocou a tesoura no meu pescoço e disse que ia me cortar inteirinha. E me trancou no banheiro de uma festa e ameaçou jogar uma garrafa de whisky na minha cabeça”, afirmou em um dos trechos.

Confira algumas reações do público:

Holofote / Bahia Notícias

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui