Quarto suspeito de matar tenente em Salvador morre em confronto com policiais militares

Um quarto homem apontado pela polícia como suspeito de envolvimento na morte do tenente da PM Mateus Grec, no dia 12 de setembro deste ano, foi morto durante uma troca de tiros com equipes da Polícia Militar na noite de domingo (28), no bairro da Mata Escura, em Salvador. As informações são da própria corporação.

De acordo com a Secretaria de Segurança Pública da Bahia (SSP-BA), uma equipe da 48ª Companhia Independente da Polícia Militar (CIPM/Sussuarana) foi alertada que um grupo com pelo menos 15 homens estariam ostentando armas de fogo e comercializando entorpecentes na Rua da Rocinha, e iniciaram as buscas.

No local, os suspeitos reagiram a tiros a tentativa de abordagem. Houve revide e com o final dos disparos um dos homens foi encontrado ferido. Ele foi socorrido para uma unidade de saúde da região, cujo nome não foi divulgado, mas não resistiu.

Confome a SSP, com o suspeito, de nome não informado, foram apreendidas um fuzil calibre 5.56, 72 munições de mesmo calibre, um carregador com capacidade de 200 munições e um celular foram apreendidos.

“Dos quatro envolvidos, dois já foram detidos. O primeiro, conhecido como Coco Loko que foi preso no mesmo dia do crime, é irmão do criminoso localizado neste domingo, inclusive. Na ocasião, um criminoso conhecido como Aranha, morreu em confronto. Além disso, um terceiro participante conhecido como Sonic foi detido durante uma situação com reféns na localidade de Vila Paraíso, no bairro da Federação”, detalhou o titular da Delegacia de Homicídios Múltiplos (DHM), delegado Daniel Pinheiro. (G1)