Rafaela Silva leva ouro no Pan e fatura título que faltava na carreira

Foto: Divulgação

O segundo dia do judô nos Jogos Pan-Americanos teve Brasil x República Dominicana em dose dupla, em duas das três finais desta sexta-feira. Rafaela Silva encarou Ana Rosa no peso até 57kg enquanto Daniel Cargnin enfrentou Wander Mateo até 66kg.

A campeã olímpica na Rio 2016 levou pouco mais de um minuto para aplicar o ippon e levar o ouro que faltava em sua carreira. Na primeira decisão, Cagnin tinha perdido para Mateo por waza-ari a menos de um minuto para o fim da luta. O terceiro brasileiro em ação no dia, Jeferson Santos Jr., o Juninho Bomba, levou o bronze ao derrotar o mexicano Eduardo Araujo.

– Com certeza (era a medalha que estava faltando na coleção). Eu estava me cobrando tinha um tempo. No primeiro Pan-Americano eu fui prata, nos últimos Jogos (do Pan) eu fui bronze. O ouro eu não tinha, não cheguei perto. Então era uma coisa que vinha cutucando na minha cabeça. Jogos Pan-americanos são sempre amarrados, estou muito feliz com meu resultado. Quis vir também como preparação para o Mundial. Sou muito competitiva. Se puder competir todo fim de semana, eu competiria. Difícil falar que foi fácil, mas é resultado do trabalho que venho fazendo no tatame – afirmou ao SporTV. (G1)