Roma é eliminada da Copa da Itália com direito a gafe de técnico ao fazer 6 substituições

Foto: Reprodução / AS Roma

Jogando no Estádio Olímpico de Roma, a Roma foi eliminada nas oitavas de final da Copa da Itália de forma vexatória. O time da capital italiana foi derrotada pelo Spezia, recém-promovido à Série A, por 4 a 2, na prorrogação. Mas mesmo se tivesse vencido a partida, não avançaria de fase por uma gafe cometida pelo técnico Paulo Fonseca. O comandante fez seis substituições na equipe, quando o máximo é cinco.

Logo no primeiro minuto da prorrogação, Mancini recebeu o segundo amarelo e foi expulso deixando a Roma com um jogador a menos. Cerca de 30 segundos depois, o árbitro mostrou novamente o vermelho, mas desta vez de forma direta, já que o goleiro Pau Lopez deu um chute no adversário numa dividida de bola. O jovem arqueiro brasileiro Daniel Fuzato, de 23 anos, entrou no lugar de Cristante. Porém, Fonseca não percebeu que já havia feito quatro alterações ao longo dos 90 minutos e, junto com o ex-jogador do Palmeiras, ainda promoveu a entrada do outro brasileiro Ibañez no lugar do atacante espanhol Pedro, completando seis trocas na equipe. Inclusive, o meia Pellegrini foi flagrado pelas câmeras tentando avisar o comandante do erro.

As duas equipes voltam a se enfrentar no próximo sábado (23), novamente no Olímpico de Roma, mas desta vez o duelo será pela 19ª rodada do Campeonato Italiano. A Roma é a quarta colocada com 34 pontos, nove a menos do que líder Milan. Já pelas quartas de final da Copa da Itália, o Spezia encara o Napoli, atual campeão do torneio, na próxima terça (26). Na liga nacional, a equipe ocupa a 13ª posição com 18 pontos, cinco a mais da zona de rebaixamento. (BN)