Salvador completa 472 anos: personalidades baianas revelam os lugares favoritos da cidade

Foto: Salvador completa 472 anos

Nesta segunda-feira, 29 de março, dia em que Salvador completa 472 anos, personalidades baianas responderam o seguinte questionamento ao portal iBahia: “qual é o cantinho de Salvador você sente mais saudade”?

Devido a pandemia do novo coronavírus e do isolamento social, os lugares da capital baiana tem deixado saudade no coração das pessoas. Confira as respostas:

  • Bell Marques

Salvador é uma cidade linda, especial, maravilhosa, mas o que eu sinto falta hoje em Salvador é enxergar as praias da cidade com seu público. Aquele barulhinho que o público faz se misturando com as ondas do mar. Aquilo tem feito uma falta danada e isso me deixa muito triste, mas em breve vamos outra vez brilhar!.

  • Caminha Marinho –  Jornalista – TV Bahia

Um dos  lugares que mais sinto falta de visitar em Salvador é, sem dúvida, o Santo Antônio Além do Carmo.

Pela beleza, pelo lugar bucólico, histórico, preservado com tantas casinhas coloridas que remetem a tanta paz. Eu sou apaixonada no fim de tarde ali naquele lugar, passando e entrando em cafés, restaurantes, galerias de arte, podendo ter o deleite de apreciar o pôr do sol.

  • Carol Peixinho – Empresária e Ex-BBB

Olha que essa pergunta é bem difícil para essa baiana que ama sua cidade, Salvador, mas está morando em São Paulo. Muitas lembranças de muitos momentos, lugares, pessoas, fases da vida. Mas um lugar que eu amo é a praia do buracão no Rio Vermelho. Lá é um paraíso, principalmente no dia de semana. Um mar calminho, vazio, fácil acesso, tudo de bom.

Não posso esquecer também do pôr do sol no Farol da Barra. Quantos momentos que eu passei de carro ali e fui andando sem hora pra voltar, olhando aquele visual, contemplando aquela luz. Também lembro de muitos momentos na varandinha do Pereira: drinks, comidinha, tudo era lá, muito bom.

  • Dama do Pagode – Cantora

O lugar que mais sinto falta em Salvador, com certeza,  são as praias. O salitre, a paz que o mar transmite, as pessoas que a gente encontra. A paz do ambiente, assim, sabe?! Do ar! É para a praia que eu corro toda vez que eu quero me encontrar. Toda vez que eu quero ter um pouco de paz.

  • Lore Improta – Apresentadora e dançarina

O lugar que mais sinto saudade de Salvador, o cantinho mais especial pra mim, certeza que são as praias. Porque eu amo ir pra praia, sinto muita falta de chamar todos meus amigos pra passar a tarde na praia, fazendo nada! Só caindo no mar, tomando sol, bebendo água de coco gelada. Todas as praias de Salvador são especiais pra mim. São lindíssimas.

  • Vanderson Nascimento – Apresentador – Bahia Meio Dia

Meu canto de maior saudade, meu canto preferido, com certeza absoluta é a praia. Tenho muita saudade de banho de mar, de estar na areia, de comer um queijo coalho, um acarajé com camarão. Tem mais ou menos um ano que eu não vou à praia, primeiro por opção, depois por força do decreto por causa desse momento  mais delicado da pandemia. Mas quando tudo isso passar, eu vou tirar o atraso! Salvador, te amo, sua linda!

  • Leo Kret – Ativista LGBTQIA+

Quem nunca ouviu falar daquela música: “passar uma tarde em Itapuã”?! Pois é! O lugar que mais estou sentindo falta em Salvador é Itapoã. Tomar aquele sol na praia, aquele banho de mar em Itapuã.


Já, já isso vai passar, com fé em Deus, e nós vamos poder visitar todos os lugares da nossa cidade. Itapuã, rua da poesia. Ver todos os meus amigos e pessoas que adoram  e me encontrar com todos nessa praia.

  • Lincoln – Cantor

Existem vários cantinhos em Salvador que tenho saudade de frequentar, sim! Em primeiro lugar é de frequentar o Rio Vermelho. Lá é onde você  pode sentar na mesa de um bar, comer alguma coisa, beber alguma coisa, com as pessoas que você gosta. Dá para respirar um ar puro ou simplesmente fazer uma caminhada, fechar os olhos, conversar com Deus. Sentir a maresia do mar entrando pelo nariz, livre de qualquer máscara. Que saudade! Assim que tudo isso terminar, será um dos primeiros lugares que irei para matar a saudade.

  • Margareth Menezes

O cantinho que tô mais sentindo falta é da península de Itapagipe. Sinto saudade da Fábrica Cultural, do Mercado Iaô que fazíamos todo final de ano.

Saudade de pescar ali na Penha, na Avenida Beira Mar. Minha mãe morou lá, meus pais moraram lá e meus irmãos continuam morando lá. E a gente de vez em quando saia ali pra pescar, ia ali no no Mont Serrat, jogar uma linha…. Então sinto muita falta disso, desse calor humano, dessa convivência. Mas o que podemos fazer hoje é ficar em casa mesmo. Mas tô sentindo falta.

  • Maurício Habib – Locutor Bahia FM

Um cantinho de Salvador  que eu estou sentindo saudade danada nessa pandemia, é a praia do Porto da Barra. É diferente de todas aqui da cidadei. Nós temos diversas praias, mas essa, tem um encanto diferente. Estou morrendo de saudade de lá

  • Michely Santana – Locutora Bahia  FM

O cantinho que mais gosto de Salvador e mais sinto saudade é a região da Avenida Magalhães Neto, onde a rua ficava fechada no fim de semana. Nesse momento, a  gente podia sair com nossas famílias, pra poder fazer atividades. Tina muita gente que andava de bicicleta e eu ia lá pra poder andar de patins, patinete para me divertir com minha família. Ultimamente eu tenho sentindo muita falta disso.

Tenho uma filha de 9 meses que até hoje não pôde desfrutar desse momento. Ela nunca foi à praia, eu sinto muita falta disso. Não vejo a hora de poder proporcionar isso pra ela.

  • Rafa e Pipo – Cantores

Eu acho que sem sombra de dúvidas sentimentos falta aquela vibe gostosa de sentar em um barzinho ali na orla, de ver o farol da barra movimentado, cheio de gente. Porque o carnaval traz muitas lembranças maravilhosas pra gente. Então isso dá uma saudade danada.Principalmente que aquele lugar tem uma energia que só salvador consegue sabe transmitir.

  • Ricardo Ishmael – Apresentador Jornal da Manhã

O cantinho do qual eu mais sinto falta em Salvador é o centro da cidade. É andar pela Avenida Sete, Mercês, Rosário, Piedade, Relógio de São Pedro, São Bento… Fazer aquela volta no edifício Sulacap. Andar por toda a Avenida Carlos Gomes,  entrar nas lojas, tirar os preços dos produtos,  conversar com os vendedores. Sentir essa pulsação da cidade, né?! Esse centro vivo, nervoso que é o centro de salvador.

Sinto falta dos cheiros, dos aromas, dos ruídos, do trânsito, dos gritos, das conversas, de toda aquela agitação. Sinto saudades de entrar nos lugares, conversar com as pessoas. Sentir essa vibração que é muito característica do que é Salvador. Dessa paisagem humana que o centro da cidade nos apresenta, que é tão a cara de nossa cidade. Quero muito voltar a fazer isso.

  • Rita Batista – Jornalista – TV Globo


Tô aqui em minha casa em São Paulo pensando né? Afinal de contas, qual o cantinho de salvador que morro de saudades? A resposta é o Subúrbio Ferroviário, é claro! Onde eu nasci e me criei. Lembrando da estação ferroviária, do trem que não existe mais, porque a gente está na esperança do VLT(veículo leve sobre Trilhos). Saindo da Calçada,  passando pelo Lobato, Piripiri, Paripe, Coutos… Ai, que saudade! Passar por lá olhando pra um pedacinho da Baía de Todos os Santos, aquela imensidão de mar. As palmeiras imperiais de plataforma. Olha.. Que beleza! Salvador,meu amor, eu te amo! Parabéns!

  • Robson Conceição  – Pugilista

Estamos passando por um momento muito difícil,  mas sempre bate aquela saudade de conhecer os pontos turísticos de salvador, de ir a uma praia. Eu, particularmente, estou com muita saudade de ir a uma praia, de reunir a família e os amigos. Tomar aquele velho banho de mar, dar aquela renovada e tomar uma água de côco pra dar aquela refrescada.

  • Tony Salles – Cantor

Um cantinho especial em Salvador, que me abraça daquele jeito, que me aperta e me enche de saudade, é o Farol da Barra. O Farol, por si só, já tem uma história, um enredo e uma magia encantadora. Falar de Salvador e não falar do Farol da Barra é a mesma coisa de não ter vindo a Salvador.

O motivo maior de saudade é passar ali toda vez e lembrar do nosso carnaval de Salvador. É impossível isso não acontecer. Eu sou completamente apaixonado por aquele canto ali da nossa cidade.

  • Léo Santana – Cantor

Um dos lugares que eu mais amava frequentar e sinto muita saudade é ali na Boa Viagem, seguindo pro forte de Humaitá. Eu ficava deslumbrado com tanta beleza, com um lugar que me trazia muita paz. É um dos lugares que, de fato, eu frequentava bastante aqui em Salvador.

Salvador tem diversos lugares incríveis, mas aquele lugar da cidade baixa ali, né, pra mim é marcante demais. Vivi vários momentos incríveis ali com amigos e familiares.

  • Tayrone – Cantor

Há vários pontos turísticos aqui em Salvador, mas eu adoro demais o Farol da Barra. escolhi esse lugar também por causa do Carnaval, vem gente de tudo quanto é  canto  curtir o melhor carnaval do mundo, que é o nosso.

Lá também tem aquele point de futevôlei, aquele solzão,  aquela cerveja gelada, gostosa, que eu adoro também. Parabéns Salvador. Salvador é toda linda. (Ibahia)