Salvador: Tentativa de assalto termina com um morto e um ferido na Heitor Dias

0
160
-
Foto: Tailane Muniz/Correio

Três homens, ainda não identificados, se preparavam para cometer assaltos em um ponto de ônibus localizado na Avenida Heitor Dias, na manhã desta sexta-feira (25), quando acabaram surpreendidos por um homem armado que reagiu à abordagem. O atirador, que também não teve o nome revelado, acertou dois dos suspeitos. Um morreu, outro ficou ferido e o terceiro conseguiu fugir. 

O crime aconteceu por volta das 6h, menos de sete horas depois que haviam roubado o carro utilizado para praticar o crime de hoje, um Chevrolet modelo Corsa, placa NYQ, de Feira de Santana. O veículo, que teve os vidros estourados pelos disparos da troca de tiros nas duas laterais pertence ao motorista socorrista Dilcélio Fernandes, 35 anos. Ele contou que um amigo viu o carro na região da Heitor Dias e avisou.

À reportagem, a vítima contou o roubo aconteceu na madrugada desta sexta, à meia-noite. O motorista, que mora em São Caetano, chegava em casa e foi abordado por dois casais, dois homens e duas mulheres. Cerca de 20 minutos depois, os bandidos abandonaram Dilcélio na BR-324.

“Eu implorei a Deus que eles não me usassem para cometer assalto, pedi muito. Ainda bem que não me fizeram mal nenhum”, diz, ao afirmar que o carro, sujo ainda com manchas de sangue, está no seguro. 

Outro roubo
Ainda não há informações oficiais da Polícia Civil, mas indícios levam a crer que os mesmos homens são os responsáveis por invadir e roubar um depósito no bairro de Cosme de Farias, às 3h.  Sem se identificar, o proprietário do estabelecimento esteve no local da troca de tiros desta manhã e reconheceu o carro. 

Segundo ele, que viu o estabelecimento ser roubado pela varanda de casa, três homens e uma mulher participaram do ato. “Eu vi uma mulher, que era uma mulher branca. Ela aguardou ao lado de fora e os três roubaram. Pegaram vinhos, cervejas e cigarros. Eu gritei por socorro da janela, e aí eles fugiram”, resume. A vítima estima um prejuízo de R$ 1,5 mil.

Parte da mercadoria descrita pelo homem estava na mala do Chevrolet vermelho ainda hoje. O carro ainda está parado na avenida, onde aguarda remoção para realização da análise do Departamento de Perícia Técnica (DPT).

Sobre os suspeitos, o que se sabe é que o ferido foi socorrido pela Polícia Militar até uma unidade de saúde não informada pela corporação. O homem morto aguarda a identificação de familiares do Instituto Médico Legal Nina Rodrigues (IMLNR). O terceiro fugiu, segundo testemunhas, sentido o bairro da Cidade Nova. O crime será investigado pela Delegacia de Repressão a Furtos e Roubos de Veículos (DRFRV).

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui