Santo Antônio de Jesus tem mais um mês de saldo negativo de empregos, informa o CAGED

-

Em meio à pandemia de coronavírus, a economia brasileira fechou 1.198.363 vagas de trabalho com carteira assinada no primeiro semestre de 2020, segundo dados do CAGED (Cadastro Geral de Empregados e Desempregados) do Ministério da Economia.

No semestre, foram registrados 7,9 milhões de desligamentos e 6,7 milhões de novas admissões. No mesmo período do ano passado, o saldo – diferença entre as admissões e as demissões – havia sido positivo, com 408 mil vagas, o melhor resultado desde 2014.

Apenas no mês de junho, foram fechadas 10 mil vagas de emprego formal. Em maio, haviam sido 350 mil.

Durante o primeiro semestre de 2020, a Bahia fechou 60.391 postos de trabalho, segundo dados do Cadastro Geral de Empregados e Desempregados (Caged) do Ministério da Economia. Antes da pandemia de coronavírus, o saldo dos meses de janeiro e fevereiro foi positivo, com 10.615 vagas abertas.

Santo Antônio de Jesus continua apresentando números negativos em relação a geração de emprego no mês de junho. De acordo com os dados do CAGED, a cidade teve um saldo negativo de 357 comparando as admissões com os desligamentos no município.

Os números do revelam ainda que durante o mês de junho, Santo Antônio de Jesus teve a criação de 239 admissões contra 596 desligamentos.

Entre os meses de fevereiro e junho, os acúmulos de números também foram negativos: 1875 admissões contra 3148 demissões, gerando saldo negativo de 1273.

Um dos setores mais afetados nos primeiros seis meses de 2020 foi do comércio, que mais emprega em Santo Antônio de Jesus. O setor perdeu 19.292 vagas no estado. O único segmento que teve resultado positivo foi o de agropecuária, com saldo de 1.765 novas vagas.

Informações: http://pdet.mte.gov.br/novo-caged

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui