‘Se o povo quiser, a gente vai ter que manter’, diz Márcio Victor sobre Quarta de Cinzas

0
39
-Foto : Reprodução/Instagram
Foto : Reprodução/Instagram

O cantor Márcio Victor se posicionou hoje (13) sobre o polêmico projeto de lei que quer acabar com o arrastão da Quarta-Feira de Cinzas, aprovado ontem (12) pela Câmara dos Vereadores de Salvador.

“Se o povo quiser, a gente vai ter que manter”, afirmou o artista. Ele questionou ainda o motivo religioso da aprovação do projeto. “Por que acabar? Se o país da gente é um estado laico, onde respeitamos todas as religiões?”, argumenta.

- Anúncio -

Márcio disse ainda que existem outros assuntos mais urgentes para os políticos e baianos se preocuparem. “Tem questões mais importantes para se preocupar. Saneamento básico, cultura, não pode ter corte na cultura, nem aos professores. A gente deve se preocupar com esses assuntos. Sobre o Carnaval, a gente conversa com o povo e vê o que o povo quer”, sinaliza. 

O pretexto dos vereadores para acabar com a festa é por conta do ínicio da quaresma, período que antece calendário cristão. O prefeito ACM Neto, que vai analisar o projeto nos próximos 15 dias, disse que vai desconsiderar esse argumento. (Metro1)

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui