Senhor do Bonfim: PRF apreende madeira nativa do Pará transportada de forma ilegal

Foto: Divulgação / PRF-BA

Uma carga com mais de 54 metros cúbicos de madeira nativa foi apreendida em um trecho da BR-407 de Senhor do Bonfim, no Piemonte Norte do Itapicuru. Segundo a Polícia Rodoviária Federal (PRF-BA), o flagrante ocorreu na altura do km 117. Os agentes deram ordem de parada a uma carreta Scania, tracionada a dois semirreboques carregados com madeira.  

Foi pedido os documentos para transporte da carga – a Nota Fiscal (NF), a Guia Florestal (GF) além, do Documento de Origem Florestal (DOF). Qualquer irregularidade entre os documentos ou entre eles e a carga, tornam os documentos inválidos e a carga ilegal. Após as averiguações, foi detectado que o volume transportado era superior ao declarado nos documentos apresentados, o que tornou o DOF e GF inválidos. Na carga havia perfis de prancha, viga, vigota e sarrafo, que saíram de Mojuí do Campo, no interior do Pará.

O material seria levado para Arapiraca, em Alagoas. Ainda segundo a PRF-BA, os policiais verificaram que a nota fiscal da carga não tinha carimbo obrigatório de passagem nos postos fiscais de divisa instalados nos estados do Pará, Mato Grosso, Tocantins e Bahia. Além disso, o motorista apresentou disco tacógrafo incoerente com o mapeamento da viagem.

O condutor tentava escapar da fiscalização ao trafegar em uma rota mais longa, com um trajeto de 2 mil km a mais do que o caminho usado normalmente para chegar até o destino. Com o flagrante, os PRFs notificaram as empresas – a que mandava a madeira e a que iria receber o material – além do condutor do veículo. Eles vão responder pelo delito de compra e transporte de madeira sem licença válida. Os veículos e a carga foram recolhidos a um pátio e estão à disposição dos órgãos ambientais. (Bahia Notícias)