Sobe para 105 o número de feridos por terremoto na Albânia

0
55
-
Reprodução

O Ministério da Saúde da Albânia afirmou, neste domingo (22), que subiu para 105 o número de pessoas feridas no maior terremoto em 30 anos no país, que atingiu os arredores da capital, Tirana.

De acordo com as autoridades, a maioria das pessoas sofreu ferimentos leves e há dez hospitalizados, em Tirana e na cidade portuária de Durres. “Felizmente, não houve mortos e esta é uma razão para respirarmos aliviados”, afirmou o primeiro-ministro albanês, Edi Rama.

- Anúncio -

O Instituto de Geociências de Tirana declarou que o tremor teve início por volta das 14 horas (9h em Brasília) deste sábado (21), em alto mar, a cerca de 30 quilômetros da cidade portuária de Durres, a uma profundidade de 10 quilômetros.

Na capital, 48 casas e três edifícios tiveram rachaduras, enquanto na região de Durres 42 casas e quatro prédios foram danificados.

O Serviço Geológico dos EUA deu ao terremoto inicial uma magnitude de 5,6, enquanto o Instituto Albanês de Geociências registrou 5,8 com um tremor secundário 11 minutos depois, medindo 5,3. (BNews)

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui