Últimas Notícias sobre África do Sul

Foto: Reprodução / Twitter / VOAAfrica

As inundações devastadoras que atingem a África do Sul há cinco dias causaram quase 400 mortes e 41 mil afetados, segundo um novo balanço do governo divulgado nesta sexta (15), enquanto a busca pelos desaparecidos continua.

O presidente da África do Sul, Cyril Ramaphosa, prometeu nesta quinta-feira (13) ajudar as vítimas de devastadoras enchentes na costa leste do país, enquanto o número de mortos aumentou para 259, após chuvas pesadas que inundaram estradas e interromperam os fretes em um dos principais portos do continente africano.

Foto: Reprodução TV Globo

O presidente da África do Sul, Cyril Ramaphosa, prometeu nesta quinta-feira (13) ajudar as vítimas de devastadoras enchentes na costa leste do país, enquanto o número de mortos aumentou para 259, após chuvas pesadas que inundaram estradas e interromperam os fretes em um dos principais portos do continente africano.

Imagem: Reprodução / Redes Sociais

A filha de um pastor santoantoniense que se encontra no continente africano, em Johanesburgo, precisamente na África do Sul trouxe a sua experiência sobre a nova variante do coronavírus, a Ômicron, que tem alta transmissibilidade naquele país.

Autoridades da Holanda afirmaram, nesta terça-feira (30), que, apesar de identificada na África do Sul na semana passada, a variante Ômicron já estava presente na país desde 19 de novembro. O país europeu também anunciou que está fazendo testes para descobrir se a variante se propagou rapidamente.

Mais de 200 brasileiros estão 'presos' na África do Sul após surgimento de ÔmicronFoto: Reprodução / Edson Rodrigues / Secopa-M

Pelo menos 230 brasileiros que estão na África do Sul não poderão voltar ao Brasil por conta do surgimento da variante Ômicron. De acordo com diplomatas brasileiros da África do Sul, até a tarde desta segunda-feira (29) a retenção dos brasileiros no país se deu após o cancelamento dos voos por medo da nova variante.

Foto: Governo/SC

Uma nova variante da covid-19 detectada na África do Sul foi classificada nesta sexta-feira (26/11) pela Organização Mundial da Saúde (OMS) como “variante de preocupação” e batizada de omicron. A organização informou que evidências preliminares sugerem que essa variante oferece um risco maior de reinfecção de covid-19 do que suas antecessoras.

Navio onde estão 24 tripulantes que são acompanhados por conta da Covid-19 — Foto: Reprodução/TV Mirante

Alvo de preocupação das autoridades de saúde, o navio MV Shandong da Zhi trouxe consigo os seis primeiros casos confirmados da cepa indiana B.1.617, do novo coronavírus, ao Brasil.

As autoridades belgas decidiram hoje (27) proibir a entrada no país de viajantes provenientes do Brasil, da Índia e África do Sul, para tentar prevenir a propagação das variantes locais da covid-19, anunciou o gabinete do primeiro-ministro, Alexander De Croo.

Foto : Divulgação

Um estudo divulgado pelo jornal americano Financial Times, aponta que o imunizante desenvolvido em parceria pela Universidade de Oxford e a farmacêutica AstraZeneca não apresenta proteção suficiente contra doenças leves e moderadas causadas pela variante sul-africana do vírus.

Close