Últimas Notícias sobre biometria

Foto: Itailuan dos Anjos/Detran-BA

Dois homens tentaram, nesta semana, fraudar o exame para a categoria A (moto), no pátio da sede do Departamento Estadual de Trânsito da Bahia (Detran-BA), em Salvador. De acordo com o órgão, um deles se passava pelo verdadeiro candidato, porém a tentativa foi descoberta durante a biometria.

A recomendação é para o eleitor levar a própria caneta para evitar contato (Foto: Nara Gentil/ CORREIO)

Pode até não parecer, mas esse é um ano eleitoral. E a corrida para ocupar as Prefeituras e as Câmaras Municipais está a todo vapor, em Salvador e no interior. Nesta quarta-feira (14), o Tribunal Regional Eleitoral (TRE-BA) reuniu a imprensa na sede do órgão, na capital, para apresentar as normas que serão aplicadas no dia da votação porque, afinal, ainda estamos no meio de uma pandemia.

Foto: © WILSON DIAS-ABR

O presidente do Tribunal Superior Eleitoral (TSE), Luís Roberto Barroso, decidiu excluir a necessidade de identificação biométrica, por meio de impressão digital, nas eleições municipais deste ano, tendo em vista o risco de contágio por covid-19.

O Tribunal Superior Eleitoral (TSE) suspendeu os cancelamentos dos títulos de eleitores por falta de revisão biométrica. Desta forma, quem teve os títulos cancelados poderão votar nas eleições municipais deste ano. A regularização do título deverá ocorrer após a eleição.

Foto: TRE

Os eleitores de 242 municípios que não responderam a convocação da Justiça Eleitoral até o dia 18 de fevereiro e, consequentemente, tiveram seus títulos cancelados, poderão – após o Carnaval – comparecer aos seus respectivos cartórios eleitorais e regularizar a situação. O período para regularização ocorrerá de quinta-feira (27/2) até o próximo dia 06 de maio, data determinada pelo Calendário Eleitoral para o fechamento do cadastro. Quem não resolver a pendência até lá, não poderá participar das Eleições Municipais 2020.

(Foto: reprodução/Agência Brasil)

O 9º roteiro do caminhão da biometria que será iniciado nesta terça-feira (21), na cidade de Tancredo Neves, pertencente a 197ª Zona Eleitoral. O veículo atenderá na Avenida Brasil, próximo ao prédio do IDC (Instituto Direito e Cidadania), onde funciona o SAC, no bairro Colina Verde, das 9h às 17h.

Eleitores da Bahia que não fizeram a biometria podem ter títulos cancelados — Foto: Reprodução/TV TEM

Cerca de 900 eleitores que não fizeram o cadastro biométrico podem perder o título de eleitor, segundo dados do Tribunal Regional Eleitoral da Bahia (TRE-BA). Quem não fez o procedimento no estado tem até o dia 18 de fevereiro para regularizar a situação com a Justiça Eleitoral, no terceiro e último ciclo de biometria na Bahia.

O Tribunal Regional Eleitoral da Bahia (TRE-BA) informa que mais de 9 mil eleitores do município de Cachoeira ainda não realizaram o recadastramento biométrico, obrigatório para as eleições municipais de 2020. O eleitor que não regularizar situação não poderá votar e terá o título cancelado.

Foto: Divulgação

Levantamento com base em dados do Tribunal Superior Eleitoral (TSE) mostra que 15,5 milhões de pessoas ainda precisam fazer a biometria para votar nas eleições de 2020. O cálculo considera apenas os eleitores que moram nos 4.577 municípios onde a votação por biometria será obrigatória nas próximas eleições.

Foto: Divulgação

O eleitor com mais de 70 anos de idade, que quer continuar a votar, também deve participar da revisão do eleitorado com coleta de dados biométricos realizada pela Justiça Eleitoral. A Constituição Federal estabelece que o alistamento eleitoral e o voto são facultativos para o cidadão nessa idade.

Close