Últimas Notícias sobre compras

Foto: Reprodução

A Câmara e o Senado aprovaram, no início deste mês, o projeto que cria imposto de importação sobre compras de valor abaixo de US$ 50.

Foto:

O Mercado Livre, um dos maiores players do segmento, está utilizando robôs para agilizar o processo de separação de produtos no centro de distribuição SP04 da empresa, em Cajamar, São Paulo. Produzidos pela companhia chinesa Quicktron, os aparelhos são semelhantes a um aspirador-robô. Eles são amarelos e podem levantar até 600 quilos.

Foto: Divulgação/Polícia Civil

Dois homens foram presos em flagrante suspeitos de fraudar as compras de 12 abadás de um camarote do carnaval de Salvador, em uma loja de um shopping na capital baiana, nesta segunda-feira (5). O golpe está avaliado em R$ 80 mil, segundo informações da Polícia Civil.

Foto: Agência Brasil

O Pix, sistema de pagamento instantâneo do Banco Central (BC) do Brasil, responderá por mais de 40% das compras online no Brasil até 2026, mostrou um estudo da fintech Ebanx divulgado nesta quinta-feira (25).

Isentas de tributação até o momento, as compras internacionais de menos de US$ 50 poderão vir a ser taxadas no Brasil, afirmou o presidente da República em exercício, Geraldo Alckmin, em evento em Brasília, nesta terça-feira (28).

A gigante americana do e-commerce, Amazon, foi certificada nesta segunda-feira (06), como participante do programa do governo federal Remessa Conforme, que prevê a isenção do imposto de importação em transações internacionais de até US$ 50 (cinquenta dólares). A novidade foi publicada no Diário Oficial da União (DOU).

A Receita Federal certificou as empresas de comércio eletrônico Mercado Livre e Shopee no Programa Remessa Conforme. Os atos que declaram a entrada das companhias no plano de conformidade do Fisco federal estão no Diário Oficial da União (DOU) desta sexta-feira, 22.

A Shein foi certificada dentro do Programa Remessa Conforme, da Receita Federal. O principal benefício para as empresas é a isenção do imposto de importação para compras de até US$ 50. A Shein é a segunda gigante chinesa a se certificar no programa, a primeira foi a AliExpress. O anúncio foi realizado pelo governo federal nesta quinta-feira (14).

Foto: Agência Brasil

O consumidor poderá, em breve, fazer compras na função crédito via Pix, disse nesta sexta-feira (11) o presidente do Banco Central (BC), Roberto Campos Neto. A ferramenta de transferências instantâneas dispensará o uso do cartão de crédito.

Receita Federal

Na quarta-feira, 26, o governo federal publicou no Diário Oficial da União a regulamentação do programa Remessa Conforme, que prevê a isenção da tributação para pessoas físicas em compras internacionais de até US$ 50. A medida começa a valer em 1º de agosto e se aplica a compras transportadas tanto pelos Correios (ECT) quanto por empresas de courrier.

Close