25.7 C
Santo Antonio de Jesus
quarta-feira, 18 setembro , 2019.
Início Tags Deputado estadual Niltinho (PP)

Tag: deputado estadual Niltinho (PP)

NOSSAS REDES

8,032FãsCurtir
32,531SeguidoresSeguir
1,656SeguidoresSeguir
3,650InscritosInscrever

AS MAIS LIDAS

Unidade Móvel de Atendimento da Defensoria Pública estará em Valente

O horário de atendimento será das 8 às 12 horas e das 13:30 às 16 horas, por ordem de chegada. Imagem: Divulgação/ Secom
O município de Valente recebe a Unidade Móvel de Atendimento da Defensoria Pública do Estado da Bahia (DPE-BA), entre os dias 19 e 20 de setembro, na Praça Getúlio Vargas, mais conhecida como Forródromo, no centro.

Por reabilitação, Vitória encara o São Bento fora de casa

Foto: Divulgação/ São Bento
O Vitória volta a campo nesta terça-feira (17), às 21h30, diante do São Bento, no Estádio Walter Ribeiro, em Sorocaba (SP). O Leão busca recuperação após a derrota para o Guarani, no último sábado (14), na Arena Fonte Nova. O time rubro-negro ocupa a 15ª posição com 24 pontos, enquanto a equipe paulista tem 20 e aparece na lanterna.

Usuário do Whatsapp poderá reproduzir áudio no painel de notificações

Em versão de teste, já é possível ouvir mensagens de voz sem abrir o aplicativo. Imagem: Carl Court / Equipa/Getty Images
O aplicativo Whatsapp está no período de testes com um novo recurso: a reprodução de áudios no painel de notificações. Com isso, não é preciso abrir o aplicativo para ouvir a história daquele "sextou" de um amigo.

Se morrer pecando ainda está garantido na salvação?

Imagem: Reprodução

A turma do “Uma vez salvo salvo para sempre” andou por aí dizendo que se morrermos pecando, isso não privará o eleito da salvação. Segundo os tais paladinos da hermenêutica calvinista brasileira, a salvação que é da graça não poderá ser anulada pelo pecado, e a morte no pecado não cancelará esta dádiva da graça.

Acabou a ‘novela’, Neymar permanece no PSG

Foto: Reprodução/Instagram
A novela envolvendo Neymar, PSG e Barcelona chegou ao final graças ao fechamento da janela de transferências do mercado europeu e ele permaneceu na agremiação. Acontece que toda essa história se arrastou por muito tempo, sendo que o dono do Paris Saint-Germain e Emir do Qatar, Tamim Bin Hamad Al Thani, já tinha a sua decisão neste caso, e ela consistia em só aceitar a saída de Neymar, caso outro clube pagasse os 222 milhões de euros que ele tirou dos cofres do PSG para contratar o jogador.

INSTAGRAM

Close