Últimas Notícias sobre Dilma Rousseff

Foto: Marcelo Camargo/Agência Brasil

A ex-presidenta Dilma Rousseff usou as redes sociais para condenar o assassinato de João Alberto Silveira Freitas, homem negro de 40 anos, espancado até a morte por seguranças nas dependências de uma unidade do Carrefour, em Porto Alegre. Nas postagens, ela diz que o homicídio “é revoltante e mostra a persistência da violência escravocrata no Brasil”.

Ex-presidentes repudiam ataques de bolsonaristas ao STF Foto: Roberto Stuckert Filho/Divulgação

Todos os ex-presidentes da República que ainda estão vivos, Luiz Inácio Lula da Silva, Fernando Henrique Cardoso, Dilma Rousseff, Michel Temer, Fernando Collor e José Sarney, manifestaram repúdio aos ataques sofridos pelo Supremo Tribunal Federal (STF), na noite do último sábado, 13, e prestaram total solidariedade à Corte, em defesa da democracia e do respeito às instituições republicanas. O apoio ao Supremo foi divulgado nas redes sociais de alguns dos antigos mandatários.

Foto: Divulgação

Que as lives estão sendo um alento para muita gente durante a quarentena, ninguém duvida. E até a ex-presidente Dilma Rousseff acabou entrando, sem querer, na onda.

Foto : Metropress

Rádio Metrópole | Metro1 – O ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva comentou o papel da ex-presidente Dilma Rousseff, sua sucessora na presidência da República, e admitiu que o governo petista errou no comando da economia do país. “Dilma era uma pessoa da mais alta competência e fidelidade, uma capacidade técnica extraordinária.

Brasília - DF, 02/09/2016. Presidenta Dilma Rousseff durante entrevista para agências internacionais no Palácio da Alvorada. Foto: Roberto Stuckert Filho/PR

A ex-presidente Dilma Rousseff (PT) afirmou que, por ser “incapaz”, o presidente Jair Bolsonaro (sem partido) quer culpar governadores pelas mortes e pela “fome” decorrentes da pandemia do novo coronavírus.

Reprodução/Twitter

A ex-presidente Dilma Rousseff foi agredida verbalmente durante um voo, nesta sexta-feira (06), e rebateu as ofensas.

Foto : Antonio Cruz/Agência Brasil

O ex-presidente Michel Temer afirmou, durante o programa “Em Foco” com Andréia Sadi, que será exibido na noite de hoje (27), que o fato decisivo para o impeachment da ex-presidente Dilma Rousseff foi o processo do Conselho de Ética da Câmara dos Deputados que julgava Eduardo Cunha (PMDB-RJ), então presidente da Casa.

Foto: Marcelo Camargo/ Agência Brasil

O presidente da Câmara do Deputados, Rodrigo Maia (DEM-RJ), declarou neste sábado (5), duerante o Festival Piauí de Jornalismo, em São Paulo, que o ex-presidente Michel Temer (MDB) operou o processo de impeachment da ex-presidente Dilma Rousseff (PT).

Foto: Reprodução / Facebook

Presente em um ato de apoio a Lula em Madri, na Espanha, a ex-presidente Dilma Rousseff defendeu que ele não aceite a progressão de pena para regime semiaberto.

Foto: Roda Vida

O ex-presidente Michel Temer (MDB) esclareceu, em entrevista ao programa Timeline da Rádio Gaúcha na manhã de hoje (17), as declarações que deu ontem ao programa Roda Viva da TV Cultura ontem (16) (veja aqui). Temer levantou polêmica nas redes sociais ao usar na TV a palavra “golpe”, frequentemente utilizada pela oposição para se referir ao impeachment.

Close