Últimas Notícias sobre Faria Lima

Foto: Divulgação

O ministro da Economia, Paulo Guedes, destacou nesta quarta-feira , 12, a queda dos gastos com a dívida pública. Ao comentar que no primeiro ano do governo Bolsonaro a equipe trabalhou para atacar o “principal fonte” de despesa, que é a Previdência. Guedes lembrou que a segunda grande fonte de despesas são os “rentistas”. “São R$ 400 bilhões em juros da dívida, inaceitável”.

Foto : Agência Brasil

Uma sala comercial localizada na Avenida Faria Lima, principal corredor financeiro de São Paulo, foi usada como “bunker” para armazenar notas de dinheiro obtidas por doleiros para a Odebrecht pagar propina e caixa 2 a políticos e agentes públicos. Os valores foram obtidos com lojistas da região da 25 de Março. De acordo com o Estadão, a planilha da transportadora de valores Transnacional, usada no esquema, aponta que R$ 15,5 milhões foram coletados na sala comercial e levados até a sede da empresa, na Vila Jaguara. Para transportar as quantias, foram feitas 37 viagens entre setembro de 2014 e maio de 2015. Nos dias seguintes às retiradas de dinheiro, os valores eram entregues por policiais militares à paisana a intermediários de políticos em residências, escritórios e quartos de hotéis.

Close