Últimas Notícias sobre feminicidio

Foto: Divulgação da PM

Uma mulher foi assassinada a tiros na noite desta segunda-feira (01/12), na Rua Nova Brasília, na cidade de Sapeaçu, recôncavo baiano.

Equipes da Delegacia Territorial (DT), de Valença, cumpriram, na manhã deste sábado (10), o mandado de prisão contra o autor do feminicídio de Michele Silva de Souza. Ele foi preso por policiais militares, em uma casa, na zona rural daquela cidade. A vítima foi esfaqueada dentro residência, na Rua Monteiro Lobato, no bairro de Vila Ruy Barbosa, na quinta-feira (8).

Foto: Reprodução / Portal Clériston Silva

Uma mulher, de 29 anos, morreu após ser esfaqueada em Serrinha, na região sisaleira. O acusado é o ex-companheiro dela, identificado como Sandoval Gomes dos Santos, de 36 anos, que foi preso em flagrante por feminicídio. Segundo o Portal Clériston Silva, o caso ocorreu no Povoado Boa Vista II na tarde da última sexta-feira (11). A vítima, identificada como Nilza Jesus do Nascimento, chegou a ser levada para o Hospital Municipal, mas não resistiu aos ferimentos.

Foto: Divulgação / SSP-BA

Um ex-militar do Exército tido como gerente de uma facção de traficantes foi preso na noite deste sábado (29) no bairro de São Cristóvão, em Salvador. O homem que estava com uma pistola também foi identificado com autor de um feminicídio contra uma ex-companheira, ocorrido em fevereiro deste ano.

Delegacia Especial de Atendimento à Mulher (Deam), no bairro de Periperi, em Salvador, é uma das unidades que registram casos de violência doméstica — Foto: Camila Oliveira/TV Bahia

Os casos de feminicídio cresceram em 150% na Bahia em maio, em comparação com o mesmo mês do ano passado. Dados da Secretaria de Segurança Pública da Bahia (SSP-BA) apontam que, entre os dias 1º e 31, foram registrados 15 feminicídios, contra seis em 2019.

Reprodução/ Leitor Bnews

Um homem foi assassinado a pedrada após matar a namorada, na Rua Nova, em Feira de Santana, a 116 km de Salvador, neste domingo (24).

Foto: Joá Souza l Ag. A TARDE

Um homem, suspeito de envolvimento na morte de Cássia Ribeiro da Conceição, 39 anos, foi preso, nesta segunda-feira, 16, na 2ª Delegacia de Homicídios (DH/Central). De acordo com informações da Polícia Civil, ela foi morta após ser atingida por ácido, no bairro de Sussuarana, em 15 de fevereiro.

Foto: IStock / bymuratdeniz

O Brasil teve um aumento de 7,3% no número de casos de feminicídio em 2019 em comparação com 2018. Foram 1.314 mulheres mortas pelo fato de serem mulheres –média de uma a cada 7 horas, segundo levantamento feito pelo G1 com base nos dados oficiais dos 26 estados e do Distrito Federal.

Foto: Claudia Cardozo/Bahia Notícias

Em 2019 a Bahia registrou 101 casos de feminicídio, 25 a mais do que no ano anterior. Em números absolutos, o estado é um dos que teve maior aumento. Seguem essa mesma linha São Paulo (182), Minas Gerais (136), e Rio Grande do Sul (100) Os dado constam de um levantamento da Folha de S. Paulo, que verificou o aumento do feminicídio como tendência nacional.

Foto: Ilustrativa

Uma tentativa de feminicídio foi registrado na noite do último sábado (15) em Jaguaripe.

Close