Últimas Notícias sobre julgado

Foto : Reprodução / Facebook

O barbeiro Paulo Sérgio Ferreira de Santana, acusado pelo Ministério Público da Bahia de assassinar o mestre de capoeira Romualdo Rosário da Costa, conhecido como Moa do Katendê, será julgado nesta quinta-feira (21).

Foto: Gustavo Garcia/G1

O ministro da Defesa, Fernando Azevedo e Silva, afirmou nesta quinta-feira (27) que o militar brasileiro preso em Sevilha com cocaína será julgado “sem condescendência” na Espanha e no Brasil. O sargento da Força Aérea Brasileira (FAB) foi preso na terça (25) com 39 quilos da droga. Segundo o ministro, o fato é “isolado”, e o governo agirá “com total transparência”. “Tudo que puder ser divulgado, que não comprometer o curso das investigações, será divulgado. O militar será julgado sem condescendência pela Justiça da Espanha e pela própria Justiça brasileira, conforme determinam as leis de ambos os países”, declarou Azevedo e Silva “Ressalto que não vamos admitir criminosos entre nós. Nesse caso, houve a quebra de confiança.

Foto: Divulgação

O acusado pelo homicídio do ator, bailarino e coreógrafo Augusto Omolú, Cleverson Santos Teixeira, começará a ser julgado pelo Tribunal do Júri de Lauro de Freitas, nesta quinta-feira (23). Cleverson foi denunciado pelo Ministério Público da Bahia (MP-BA), por meio do promotor de Justiça Luciano Valadares. De acordo com o promotor, o crime foi cometido mediante a emboscada, dissimulação e uso de recurso que dificultou ou tornou impossível a defesa da vítima.

Foto: Reprodução / TV Bahia

O prefeito de Alagoinhas e médico do Atlético de Alagoinhas, Joaquim Neto (DEM), será julgado nesta quarta-feira (10) pelo Tribunal de Justiça Desportiva do Futebol da Bahia (TJD-BA), a partir das 18h, no edifício Palácio dos Esportes, localizado na Praça Castro Alves, em Salvador. Ele foi denunciado pela expulsão e por sua conduta na partida do Carcará contra o Bahia, no Carneirão, pelo jogo de volta da semifinal do Campeonato Baiano. O árbitro da partida, Bruno Pereira Vasconcelos, realtou na súmula ter sido xingado pelo médico.

Foto: Reprodução / Itacaré Urgente

O prefeito de Itacaré, no sul baiano, Antônio Mário Damasceno (PT), será julgado pela acusação de desvios de bens públicos pelo Tribunal de Justiça da Bahia (TJ-BA) em um processo por improbidade administrativa. Damasceno tentava, através do recurso jurídico de embargos de declaração, o encaminhamento do processo para a Vara de Itacaré. No entanto, o pedido foi negado pelo desembargador Lourival Almeida Trindade em decisão publicada na última sexta-feira (15) no Diário Eletrônico da Justiça.

Close