Últimas Notícias sobre Maduro

Fonte: Reprodução/X

O texto conta com 39 artigos que regulamentam a fundação da “Guiana Essequiba”, como é chamado o território pelos venezuelanos.

Foto: Elza Fiúza/ABr

O ditador da Venezuela, Nicolás Maduro, decidiu recorrer ao seu maior aliado externo, Vladimir Putin, em meio à crescente crise com a Guiana.

O ditador da Venezuela, Nicolás Maduro, chegou ao Brasil na noite deste domingo (28) para um encontro promovido nesta terça (30) com líderes regionais sul-americanos pelo presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT), que tem a intenção de retomar a Unasul (União das Nações Sul-Americanas).

A cúpula da Celac (Comunidade de Estados Latino-Americanos e Caribenhos), que ocorre em 24 de janeiro em Buenos Aires (Argentina), deverá marcar o reencontro do presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT) com o ditador venezuelano, Nicolás Maduro, que também já confirmou presença. O aliado não veio à posse do petista após entraves burocráticos dificultarem o deslocamento.

Para a posse de Lula, a equipe do presidente eleito comunicou ao Itamaraty o desejo de contar com representantes de todos os países com os quais o Brasil mantém relações diplomáticas. Isso incluiria os vizinhos venezuelanos, porém, uma medida adotada pelo governo de Jair Bolsonaro impediria a entrada de Nicolás Maduro no país.

Foto : PR via Fotos Publicas

O presidente da Venezuela, Nicolás Maduro, foi impedido de fazer postagens no Facebook por 30 dias, após violar as regras da rede social contra a divulgação de informações falsas sobre a Covid-19. A página do mandatário continua no ar.

Foto : PR via Fotos Publicas

O partido de Nicolás Maduro venceu as eleições parlamentares realizadas na Venezuela ontem (6). Os resultados foram divulgados pelo Conselho Nacional Eleitoral (CNE) na madrugada de hoje (7).

Foto: Reprodução/TV Globo

O presidente da Venezuela, Nicolás Maduro, disse estar aberto a negociações diretas com os Estados Unidos. A afirmação foi feita durante entrevista ao jornal americano The Washington Post, e foi publicada neste sábado (18).

Foto: Rayner Peña / EFE - 14.1.2020

O presidente venezuelano, Nicolás Maduro, afirmou que as Forças Armadas do país estão prontas para “arrebentar os dentes” de Brasil e Colômbia, caso esses países agridam a Venezuela. Ele diz: “conheço os planos imperiais, conheço em detalhes os planos da oligarquia colombiana e de Jair Bolsonaro.”

Foto : Wikimedia Commons

A Noruega voltou a convidar representantes do regime de Nicolás Maduro na Venezuela e a oposição liderada por Juan Guaidó para uma nova rodada de conversas em Oslo, a fim de resolver o conflito político no país. Ontem (25), os líderes dos dois lados aceitaram o convite e confirmaram que vão enviar delegações ao país europeu para as negociações. Guaidó e Maduro se manifestaram através das redes sociais e se mostraram favoráveis à construção de um acordo.Em nota, a chanceler da Noruega, Ine Eriksen Soreide, confirmou o encontro e agradeceu a disposição e o esforço das partes. Diferentemente de outros países europeus, a Noruega, que não faz parte da União Europeia, não reconhece Guaidó como presidente interino do país.

Close