Últimas Notícias sobre meta

Foto: Reprodução/Pixabay

Diversos aparelhos smartphones terão o funcionamento do WhatsApp interrompido a partir desta quarta-feira, 1º de maio.

Foto: Reprodução/Internet

Além dos ‘queridinhos’ dos usuários, o Facebook, plataforma ainda muito utilizada para envio de mensagens, fotos, vídeos e transmissões ao vivo, também apresentou falhas notáveis aos usuários.

Foto: Reprodução/Internet

Usuários do aplicativo reclamam da lentidão e erros ao enviar mensagens.

O SUS oferece a vacina contra o HPV, um vírus associado a mais de 90% dos casos de câncer de colo do útero e fator de risco para desenvolvimento de câncer no ânus, pênis, vulva, vagina e de cabeça e pescoço (uma região conhecida como orofaringe).

Foto: Reprodução

O Tribunal de Justiça do Estado de São Paulo (TJ-SP) determinou que a dona do Facebook, do Instagram e do WhatsApp, a Meta Platforms, deixe de usar a sua marca no Brasil. A decisão atende pedido da brasileira Meta Serviços em Informática, que afirma estar sendo prejudicada desde que a companhia de Mark Zuckerberg trocou de nome, em outubro de 2021.

© Getty Images

A Meta aumentou as restrições em contas de adolescentes para reforçar a proteção contra publicações consideradas danosas à saúde mental.

© Shutterstock

A redução das filas de espera de cirurgias, exames e consultas eletivos no Sistema Único de Saúde (SUS) alcançou 72% da meta, segundo o Ministério da Saúde.

Foto: João Américo/Secom PGR

A Procuradoria-Geral da República (PGR) renovou nesta segunda-feira (4) um pedido ao Supremo Tribunal Federal (STF) para que a empresa Meta seja obrigada a entregar um vídeo publicado e depois apagado pelo ex-presidente Jair Bolsonaro. O órgão acusador pediu que o Supremo dê 48 horas para o cumprimento da ordem, sob pena de multa de R$ 100 mil por dia em caso de descumprimento. A preservação e o envio do material ao Supremo já foram determinados pelo relator, ministro Alexandre de Moraes, mas até agora a ordem não foi cumprida, segundo a PGR.

© Shutterstock

AMeta, dona do Instagram, bloqueou duas páginas pró-Palestina na rede social, alegando que foram detectadas tentativas de comprometer a segurança dessas contas.

Foto: Shutterstock

A Meta vai levar ao Facebook a ferramenta de canais de transmissão, lançada no Instagram em junho. O recurso começou a ser testado nesta quarta-feira (18) na plataforma fundada por Mark Zuckerberg.

Close