Últimas Notícias sobre Operação Lava Jato

Foto: Reprodução / Instagram

O pré-candidato a presidência da República, Ciro Gomes (PDT), voltou a atacar Sergio Moro (Podemos) nas redes sociais, neste domingo (23), após uma reportagem do UOL apontar que a empresa que contratou o ex-juiz, em 2020, a Alvarez & Marsal recebeu ao menos R$ 65,1 milhões de empresas envolvidas na operação Lava Jato.

O ex-ministro da Justiça, Sérgio Moro, e a deputada federal Professora Dayane Pimentel (PSL) / Foto: Divulgação / Arquivo

A deputada federal Dayane Pimentel (PSL), em conversa com este Política Livre, disse que conversa com o ex-juiz federal e ex-ministro da Justiça, Sergio Moro, para incentivá-lo para candidatar-se à Presidência da República em 2022. “Estamos conversando muito sobre isso. Tenho dito a ele que eu e muitos outros políticos estamos dispostos e esperançosos de tê-lo como candidato. Mas seguimos aguardando sua resposta positiva que deve ser apresentada em novembro”, disse a parlamentar baiana.

A juíza Pollyanna Kelly Maciel Medeiros Martins Alves, da 12ª Vara Federal Criminal de Brasília, rejeitou denúncia reapresentada pelo MPF (Ministério Público Federal) contra o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT) no caso do sítio de Atibaia (SP), fruto da Operação Lava Jato.

Foto: Reprodução/ Hoje em Dia

Com cerca de 15 policiais em atuação, a Polícia Federal (PF) deflagra a 80ª fase da Operação Lava Jaro, na manhã desta quinta-feira (11). Os agentes cumprem cinco mandados de busca e apreensão no estado de São Paulo, sendo três na capital e dois no municípios de Pindamonhangaba.

Foto: Reprodução / Marcelo Camargo / Agência Brasil

A Polícia Federal deflagrou na manhã desta terça-feira (20), em ação conjunta com o Ministério Público Federal, a Operação Sem Limites, 77ª fase da Operação Lava Jato, no Rio de Janeiro. Cerca de 40 policiais federais cumprem 5 mandados de busca e apreensão na capital carioca e 2 em Niterói.

Jair Bolsonaro / Foto: Marcos Corrêa/PR

O nome indicado pelo presidente Jair Bolsonaro (sem partido) para uma vaga no STF (Supremo Tribunal Federal) será decisivo para dar força ao movimento na corte de se retomar uma linha jurídica contrária aos métodos da Operação Lava Jato e que privilegie a presunção de inocência dos investigados.

Deltan Dallagnol - Foto: José Cruz/Agência Brasil

O procurador da República Deltan Dallagnol vai deixar a força-tarefa da operação Lava Jato em Curitiba. Coordenador da equipe de investigadores desde a sua criação, em 2014, Dallagnol deixará o grupo por questões pessoais – de acordo com a UOL, trata-se de um problema de saúde de sua filha. Procurado, o procurador não se manifestou. A informação foi oficializada pela assessoria de imprensa da força-tarefa.

Foto: Claudia Martini / Futura Press

O ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT) criticou duramente o ex-juiz Sergio Moro por sua conduta enquanto atuava à frente da Operação Lava Jato em Curitiba, que acabou condenando e prendendo Lula em abril de 2018 pelo caso do triplex do Guarujá. Segundo o petista, Moro teria “mentido o tempo inteiro” e “segue mentindo até hoje”.

Foto: Reprodução / Leading Edge

O ex-presidente do Paraguai, Horacio Cartes, é alvo de um mandado de prisão, expedido nesta terça-feira (19), no âmbito da Operação Lava Jato. A determinação foi do juiz Marcelo Bretas, da 7ª Vara Federal Criminal, que recebe os processos da operação no Rio de Janeiro.

Imagem: Divulgação/ República do Paraná

Depois de Lula, o ex-ministro José Dirceu (Casa Civil do governo Lula) entrou na fila e também protocolou na manhã desta sexta-feira, 8, pedido de liberdade. Condenado a 30 anos, 9 meses e dez dias de reclusão na Operação Lava Jato, por corrupção e lavagem de dinheiro, Dirceu quer aproveitar a brecha deixada pelo Supremo Tribunal Federal

Close