Últimas Notícias sobre PT

Foto: Roberto Castro/ Ministério de Turismo

O deputado Alexandre Padilha, do PT de São Paulo, enviou um requerimento à presidência da Câmara dos Deputados, solicitando documentos, esclarecimentos e a justificativa do projeto Casinha Games, proposto pelo gabinete de Mario Frias, secretário especial da Cultura, e a ser executado pela secretaria de Fomento, chefiada pelo PM André Porciuncula.

Foto: Divulgação

Mesmo com a pré-candidatura do senador Jaques Wagner (PT), o PT na Bahia não vai se recusar a debater um possível apoio a outra candidatura. A confirmação veio através da presidente nacional do partido, deputada federal Gleisi Hoffmann, durante entrevista ao Bahia Notícias no Ar, da Salvador FM, nesta quinta-feira (29).

O presidente do Partido dos Trabalhadores na Bahia (PT-BA), Éden Valadares, criticou o presidente nacional do Democratas, ACM Neto, nesta terça-feira (6) por, segundo ele, ter comemorado uma pesquisa divulgada há três meses “como se fosse um levantamento atual”.

Foto: Divulgação

O presidente Jair Bolsonaro (sem partido) ironizou nesta segunda-feira, 8, um projeto que permite o cultivo de maconha para uso medicinal. Ele aproveitou o tema para citar o PT, partido que ter seu maior adversário político na disputa das eleições presidenciais de 2022.

Foto: divulgação

Após a divulgação de uma pesquisa do Datafolha, na qual Lula aparece com 55% das intenções de voto no segundo turno das eleições presidenciais de 2022, contra 22% do presidente Jair Bolsonaro, o cineasta pernambucano Kléber Mendonça Filho ironizou a direita e afirmou que chegou o momento de se filiar ao PT.

Divulgação

O ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva vai viajar pelo Brasil para filiar ao PT políticos relevantes. A informação é da coluna de Lauro Jardim, no jornal O Globo.

Foto: Gibran Mendes/CUT Paraná

O ex-presidente Lula (PT) disse que o PT pode abrir mão da cabeça de chapa nas próximas eleições presidenciais, caso alguém com “mais fôlego” lance candidatura. O petista defendeu que haja uma aliança política, mas ressaltou que não se pode vetar candidaturas.

Foto: Marcelo Camargo / Agência Brasil

Em entrevista à Folha de S. Paulo, o ex-deputado federal, Eduardo Cunha, responsável por aceitar e conduzir o processo de impeachment contra a então presidente Dilma Rousseff, declarou que, caso estivesse no poder atualmente, apoiaria o presidente Jair Bolsonaro. A entrevista, na qual Cunha antecipa esclarecimentos sobre os fato que aborda em seu livro “Tchau, Querida: O Diário do Impeachment”, foi ao ar na noite desta segunda-feira (12). O livro será lançado no próximo sábado (17).

Foto : Ricardo Stuckert/PT

O ex-presidente Luís Inácio Lula da Silva (PT) disse ontem (1º), durante entrevista na BandNews FM, que o presidente Jair Bolsonaro (sem partido) precisa ouvir os especialistas e começar a governar o Brasil de verdade. O petista deixou aberta a possibilidade de o PT buscar alianças com setores de centro para a eleição de 2022 e criticou outros presidenciáveis que publicaram na quarta (31) um manifesto em defesa da democracia.

Foto: Marcelo Camargo/ Agência Brasil

A bancada do PT no Senado entrou com representação no Tribunal de Contas da União (TCM) pedindo a rejeição das contas de 2020 de Jair Bolsonaro, do ministro Braga Netto e do agora ex-ministro da Saúde Eduardo Pazuello.

Close