Últimas Notícias sobre Tecnologia

Foto: Agência Brasil

“Se não for regulada, a inteligência artificial vai provocar um estrago inimaginável no mercado de trabalho. Seja na comunicação, na tradução, no trabalho do teatro, do cinema, da educação. Na advocacia, no mundo judiciário, tudo isso vai ser atingido pela inteligência artificial, se não for regulado”, alertou. 

Foto: Reprodução/Internet

Em ofício enviado ao STF, os representantes da empresa no Brasil justificaram que houve uma “falha técnico-operacional” no acesso pelo aplicativo. Segundo os advogados do X, as “providências” para corrigir o problema já foram solicitadas.

Foto: Reprodução/Reddit

. O espécime foi batizado como Tietasaura derbyiana, em homenagem à “Tieta do Agreste”, romance do escritor Jorge Amado.

Foto: Sam KINGSLEY/AFP

é novidade que o mercado de games no mundo têm crescido, e muito. No último levantamento da Associação Brasileira de Desenvolvedoras de Jogos Digitais (Abragames), o Brasil teve um faturamento de RS 1,2 bilhão no setor em 2022.

Foto: Reprodução/Luíza Vieira

Dois deputados federais aliados do ex-presidente Jair Bolsonaro (PL) apresentaram nesta segunda-feira, 8, pedidos de homenagem ao empresário e dono da rede social X (antigo Twitter), Elon Musk, na Câmara dos Deputados. Foram protocolados dois requerimentos de Moção de Aplauso e Louvor, manifestação da Casa para enaltecer pessoa pública.

Foto: Vinícius Schmidt Santos/Metrópoles

Em post publicado no X (antigo Twitter), o ministro da Advocacia-Geral da União (AGU), Jorge Messias (foto em destaque), defendeu a “urgente” regulamentação das redes sociais no Brasil e disse que “bilionários com domicílio no exterior” não podem ter controle de redes sociais e violar o Estado de Direito.

Foto: Acerrvo Voz da Bahia

Em nova publicação nas redes sociais, o dono do X (antigo Twitter), Elon Musk, desafiou o ministro do Supremo Tribunal Federal (STF) Alexandre de Moraes. Segundo o empresário, a rede social está “revertendo todas as restrições” aplicadas, mesmo que isso custe a operação do X no país.

Foto: Divulgação

O supercomputador Santos Dumont, que opera fisicamente em Petrópolis, Região Serrana do Rio de Janeiro, vai ficar mais potente até novembro desse ano. O Laboratório Nacional de Computação Científica (LNCC) e a Eviden, empresa do Grupo Atos que trabalha com computação avançada, assinaram um novo contrato no valor de 19,4 milhões de dólares, que vai permitir que a máquina passe dos atuais 5,1 Petaflop/s para 17 Petaflop/s de capacidade. Segundo os pesquisadores, será o supercomputador mais poderoso da América Latina para estudos acadêmicos.

Foto: NASA/Berit Bland

Eles serão enviados 45 minutos antes do início do fenômeno passar por aquela localidade, durante o evento e 45 minutos depois. Esses intervalos serão úteis para verificar a potencial alteração nas comunicações via rádio. Será possível ver esses disparos em uma live da Nasa.

Foto: Reprodução/Internet

Usuários do aplicativo reclamam da lentidão e erros ao enviar mensagens.

Close