TCU absolve Dilma no caso da refinaria de Pasadena

Discurso de 2014, no qual o então deputado atacou a presidente e a Comissão da Verdade, foi compartilhado por Bolsonaro no Twitter no início do mês. Foto : Wilson Dias/Agência Brasil

O Tribunal de Contas da União (TCU) absolveu a ex-presidente Dilma Rousseff (PT) no processo que analisa a compra da refinaria de Pasadena, nos Estados Unidos, pela Petrobras, em 2006, quando Dilma integrava o Conselho de Administração da estatal. Ela só seria eleita presidente em 2010.

A decisão do plenário do TCU foi tomada nesta quarta-feira (14). As informações são do analista da CNN Caio Junqueira. A decisão do TCU foi unânime, e contou até com o voto do ministro Jorge Oliveira, indicado em dezembro de 2020 pelo presidente Jair Bolsonaro (sem partido) ao tribunal. (CNN)