‘Tira o pé da areia’: operação da prefeitura retira banhistas de praias de Salvador

Foto : Bruno Concha / Secom

Agentes da Guarda Civil Municipal percorrem a orla de Salvador durante o feriado prolongado em uma operação batizada de ‘Tira o pé da areia’. O objetivo da ação, que tem o apoio da Secretaria Municipal de Desenvolvimento e Urbanismo (Sedur), da Secretaria Municipal de Ordem Pública (Semop) e da Transalvador, é evitar o acesso de banhistas às praias. A operação foi realizada no final de semana e continua acontecendo nesta segunda (7).

Para a execução da força-tarefa, foram direcionados 60 guardas municipais, 12 megafones e 12 veículos para transportar os agentes.

“Já sabíamos que as pessoas viriam à praia. Por isso que realizamos uma operação ainda mais robusta para conter o fluxo de pessoas. Articulamos uma força-tarefa que acontece de São Tomé de Paripe até a Praia do Flamengo e vem justamente pra cumprir os protocolos de segurança sanitária durante a pandemia e evitar a presença de pessoas nas praias que continuam fechadas”, disse o diretor municipal de Segurança Urbana e Prevenção à Violência, Maurício Lima, em entrevista ao jornal Correio.

Segundo informações da Guarda Municipal, os locais que são mais visitados pelos banhistas durante a pandemia são as praias localizadas entre Piatã e Praia do Flamengo, Praia da Preguiça e o Porto da Barra. (Metro1)