Universidade de Oxford vai instalar unidade da América no Rio de Janeiro

Foto: Ministério da Saúde

A Universidade de Oxford vai instalar uma unidade no Rio de Janeiro. A liderança vai ser da pesquisadora e professora brasileira Sue Ann Clemens, responsável pela condução dos estudos da vacina Oxford/AstraZeneca no país. O centro, primeiro da universidade na América, oferecerá bolsas de mestrado, doutorado e cursos em doenças infecciosas, desenvolvimento clínico e vacinologia, como informado pela própria Universidade de Oxford.

A unidade está prevista para ser inaugurada em 2022 e vai atuar no desenvolvimento de medicamentos e vacinas para alavancar a pesquisa em saúde humana.

No Brasil, a instituição oferecerá cursos de mestrado, PhD e atualização profissional. O local onde o campus será instalado ainda não foi anunciado.

A unidade, que contará com auxílio do governo britânico, terá apoio científico da Universidade de Siena, da Itália, do Instituto para Saúde Global do College London, do Reino Unido, e do Instituto Internacional de Vacinas da Organização das Nações Unidas (ONU).

A parceria entre a universidade e o governo brasileiro foi assinada no dia 27 de outubro pelo ministro da Saúde, Marcelo Queiroga, em visita realizada à sede da instituição, na Inglaterra. (bahia.ba)