Vacina chinesa pode ser aplicada em 8 mil baianos em setembro; negociações já estão em andamento

-
Foto: Divulgação

O governador da Bahia, Rui Costa (PT), informou na manhã desta sexta-feira (07) que participou de uma reunião com duas empresas chinesas de um mesmo grupo que estão produzindo vacinas já na última fase.

Segundo Rui, a Bahia e os outros estados do Nordeste se ofereceram para participar das pesquisas e ainda nesta sexta-feira (07) as empresas devem encaminhar a documentação para a assinatura do protocolo.

Com a documentação, o governo pedirá autorização ao Conselho Nacional de Ética e Pesquisa e, caso aprovado, os testes serão iniciados.

A vacina, segundo o governador, já foi aplicada em 100 mil chineses e em outros países. Cada uma seria aplicada em 4 mil pacientes. Caso o Conselho aprove em duas semanas, em mais duas as doses são enviadas.

“Com isso estamos buscando aproximar o científico de pesquisa e de saúde dos principais centros do mundo e, ao mesmo tempo, nos colocando na frente para termos acesso às primeiras vacinas produzidas e imunizar nossa população”, pontuou o governador.

A expectativa é que ainda nesta sexta-feira (07) o acordo com a embaixada russa para o teste da vacina produzida pela país euro asiático seja iniciado. (Varela)