Veja quem recebe o auxílio emergencial de R$ 600 e R$ 300 nesta quarta (28); são três pagamentos diferentes

-
Foto: Divulgação

O calendário do auxílio emergencial, de R$ 600, pela Caixa Econômica Federal, estava pausado, desde a sexta-feira (23), quando foi realizado o pagamento mais recente. Na quarta (28), haverá pagamentos.

Os beneficiários do Bolsa Família começaram a receber a 2º parcela do auxílio emergencial extensão (de R$ 300, ou R$ 600 para mães chefes de família), também conhecida como a ‘7º parcela’ do auxílio emergencial, na segunda-feira (19). O pagamento continua terça-feira (27), e na quarta (28).

O calendário do auxílio emergencial extensão, de R$ 300, para os beneficiários inscritos no aplicativo ou site e os do Cadastro Único (CadÚnico), retornou no domingo (25), pausando novamente e sendo retomado, na quarta-feira (28). [confira os calendários, abaixo]

Os recursos podem ser movimentados por meio do aplicativo Caixa Tem. Com ele, é possível pagar boletos e fazer compras na internet e nas maquininhas, em mais de 1 milhão de estabelecimentos comerciais.

Para os que já tiveram saques liberados os valores podem ser movimentados também nas agências.

Quem recebe na quarta (28/10)?

Bolsa Família

O pagamento da segunda parcela do auxílio emergencial extensão, com valor reduzido para R$ 300 (a ‘7º parcela’ do auxílio emergencial), para beneficiários do Bolsa Família, começou na segunda-feira (19).

Nesta terça-feira (27), receberam os beneficiários com Número de Identificação Social (NIS) terminado em 7

O pagamento retorna na quarta-feira (28), quando recebem os beneficiários que possuem NIS terminado em 8.

Inscritos no app ou site

Auxílio de R$ 300

O calendário do auxílio emergencial extensão, de R$ 300 para os beneficiários inscritos no aplicativo ou site e os do Cadastro Único (CadÚnico), com pagamentos da 1º parcela (6º parcela do auxílio emergencial), voltou na quarta-feira (21). 

O mais recente pagamento para esse público aconteceu nesse domingo (25), para os nascidos em setembro. O pagamento será retomado, na quarta-feira (28), para os nascidos em outubro.

Esse dinheiro é pago aos beneficiários que já receberam as 5 parcelas do auxílio emergencial de R$ 600, desde abril.

Auxílio emergencial de R$ 600

O calendário do auxílio emergencial de R$ 600 está no ciclo 3. O calendário retornou na quinta-feira (22), com saques do ciclo 2, finalizados nesta terça-feira (27). Os pagamentos do ciclo 3 do auxílio emergencial retornaram na sexta-feira (23), e pausaram, desde então.

Saques – ciclo 2

Os saques ainda são do Ciclo 2 do calendário de pagamentos e saques do auxílio emergencial. Na quarta-feira (28) não haverá novos saques.

Não serão liberados, na quarta-feira (28), os saques da quinta parcela do auxílio emergencial para beneficiários que receberam a primeira parcela em abril.

O mesmo acontece com a quarta parcela, para quem foi aprovado em maio, a terceira parcela, para quem foi aprovado em junho e a segunda parcela, para quem foi aprovado no auxílio emergencial em julho. 

Não sacam também a 2º parcela os beneficiários do auxílio emergencial aprovados após contestação, entre 24 de abril e 19 de julho, e os que receberam o auxílio emergencial em abril, mas tiveram cadastro reavaliado e aprovado novamente. 

Os trabalhadores que realizaram o cadastro nas agências dos Correios, entre os dias 8 de junho e 2 de julho, e os que fizeram contestação do pedido de auxílio entre os dias 3 de julho e 16 de agosto e que tenham sido considerados elegíveis, não sacam a primeira parcela do auxílio emergencial.

Pagamentos – ciclo 3

Na quarta (28), não são realizados pagamentos da quinta parcela para beneficiários que receberam a primeira parcela em maio, segundo o Ciclo 3 do calendário de pagamentos e saques do auxílio emergencial.

O mesmo acontece com a quarta parcela, para quem foi aprovado em junho e a terceira parcela, para quem foi aprovado no auxílio emergencial em julho. 

Não recebem também a 3º parcela os beneficiários do auxílio emergencial aprovados após contestação, entre 24 de abril e 19 de julho, e os que receberam o auxílio emergencial em abril, mas tiveram cadastro reavaliado e aprovado novamente. 

Os trabalhadores que realizaram o cadastro nas agências dos Correios, entre os dias 8 de junho e 2 de julho, e os que fizeram contestação do pedido de auxílio entre os dias 3 de julho e 16 de agosto e que tenham sido considerados elegíveis, não recebem a 2º e a 3º parcela do auxílio emergencial.

Parcelas acumuladas 

Em relação aos casos dos trabalhadores que tenham recebido a primeira parcela em meses anteriores e tiveram o pagamento suspenso em agosto, o Ministério efetuou o pagamento de todas as parcelas restantes, no período de 28 de agosto a 30 de setembro, segundo mês de nascimento, também no ciclo 2 de pagamentos do auxílio emergencial.

Os saques estão sendo liberados, desde 19 de setembro, até esta terça-feira (27), também segundo mês de nascimento. 

O pagamento das parcelas do auxílio emergencial será efetuado por meio da poupança social digital e também em agências da Caixa Econômica Federal. (TvJornal)