Vítimas de abusos sexuais processam Vaticano e exigem identidade dos padres acusados

0
803
-
Foto : Reprodução/TV Globo

Cinco supostas vítimas de padres católicos nos Estados Unidos, entraram com uma ação ontem (14) contra o Vaticano para que sejam divulgados os nomes dos clérigos acusados de abuso sexual. Em 2014, o Vaticano disse ter expulsado 3.420 religiosos acusados de abusos sexuais, mas não informou seus nomes nem os entregou às autoridades.

Três das cinco vítimas, são irmãos que afirmam ser vítimas de um padre de Minnesota que, em 2012, foi condenado a cinco anos de prisão após se declarar culpado de vários crimes, incluindo abuso sexual e posse de pornografia infantil.

“Eu tenho sobrinhos e sobrinhas para permitir que isso aconteça novamente com outra pessoa”, disse um dos três irmãos, Stephen Hoffman.

Na semana passada, o papa Francisco ordenou a todos os membros da Igreja que denunciem qualquer caso de abuso sexual e também o encobrimento dos bispos. (Metro 1)

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui