Acerca da denúncia da oposição sobre escritório de advocacia, prefeito de SAJ envia nota onde aponta que o vereador fala “inverdades”

Prefeito de Santo Antônio de Jesus, Genival Deolino (PSDB) / Imagem: Voz da Bahia

O prefeito de Santo Antônio de Jesus, Genival Deolino (PSDB), através da Assessoria de Comunicação, informa que são inverídicas informações divulgadas na manhã desta quarta-feira (16), acerca do motivo da suspensão do contrato entre o município e o escritório de advocacia, representado pelo advogado Dr. Ademir Ismerim.

A intenção de celebrar o contrato

Entre as partes previa atuação do citado escritório em ações em que o município figura como parte acionada, patrocinando a defesa de precatórios, bem como de processos que tramitam em segunda instância. Por motivos pessoais, o advogado precisou se abster da prestação do serviço.

A gestão esclarece que, a fim de evitar comentários desonrosos, mantendo a incolumidade do renomado advogado, outro escritório de advocacia, também especializado, será contratado para a mesma função, tendo em vista a necessidade de uma assessoria jurídica para estes casos específicos.

O prefeito explica que a intenção de celebrar o contrato se deu a partir da confiança mútua nutrida com o referido profissional, sem olvidar que o advogado tem notável experiência na seara pública, o que justificaria plenamente a sua contratação. Acrescenta que a contratação estaria consubstanciada tão somente nesses aspectos, subsistindo o seu compromisso, enquanto gestor municipal, de resguardar o patrimônio público e aplicá-lo em proveito do bem comum com lisura e transparência, ao contrário do que falaciosamente alega o vereador da oposição. A despeito de veicular inverdades com o intuito de fragilizar a gestão, compreendo que é o papel de todo vereador fiscalizar. Porém, tal função não lhes dá o direito de trazer inverdades.

ASCOM GENIVAL DEOLINO