Após exoneração, Vilas-Boas deve desistir de candidatura

Foto: Divulgação

Pré-candidato a deputado federal nas eleições de 2022 e tido nos bastidores como um potencial vencedor do pleito, o ex-secretário de Saúde da Bahia Fábio Vilas-Boas deve desistir de se candidatar.

Um petista, que preferiu não se identificar, disse ao bahia.ba na manhã desta quarta-feira (4), que o episódio protagonizado pelo médico, que agrediu verbalmente a dona do restaurante Preta, Angeluci Figueiredo, o que o levou ao desgaste público e posteriormente a um pedido de exoneração do governo estadual, jogou o desejo da base aliada “por terra”.

“Ele iria vencer a eleição, disso não tenho dúvida. Vejam o trabalho feito por ele durante a pandemia, foi brilhante! Mas, há condição depois disso tudo? Não há nenhuma. É um baque para o governador e para a base. Digo por mim e por muitos parlamentares”, ressaltou o petista.