Auxílio de R$ 600 deve ser pago primeiro a quem recebe o Bolsa Família; diz ministro

-
Foto: Reprodução

O ministro da Cidadania, Onyx Lorenzoni, afirmou, nesta terça-feira (31), que trabalhadores informais que não estiverem inscritos em nenhum cadastro do governo devem ficar por último no recebimento pagamento do coronavoucher (auxílio mensal de R$ 600 que deve ser dado pelo governo federal durante o período da crise do coronavírus).

Segundo o ministro, os primeiros a receberem o auxílio serão os trabalhadores informais que ganham o Bolsa Família, depois, os que estão inscritos no Cadastro Único para Programas Sociais do Governo Federal (CadÚnico). Na terceira etapa, receberão os microempreendedores individuais e contribuintes individuais. Por último, os informais que não estão em cadastro nenhum.

O Projeto de Lei 1066/2020, que estabelece o pagamento do auxílio, foi aprovado na segunda-feira (30) e seguiu para sanção do presidente Jair Bolsonaro.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui