Bahia vai entrar nesta segunda com representação na CBF contra a arbitragem

O Bahia entrará com uma representação contra a arbitragem na Confederação Brasileira de Futebol (CBF) nesta segunda-feira (1º). O anúncio foi feito neste domingo (31), pelo vice-presidente do clube, Vitor Ferraz.

“Amanhã [segunda] formalizaremos mais uma representação por erros de arbitragem; a terceira só nesse Brasileirão. Ontem [sábado] mesmo fizemos contato com a diretoria da CBF para manifestar nossa indignação pela desastrosa (para dizer o mínimo) atuação do sr. Paulo Roberto Alves Júnior”, escreveu em seu Twitter.

A reclamação diz respeito a um lance ocorrido no duelo contra o Juventude, neste sábado (30), aos 15 minutos do primeiro tempo. Na ocasião, o zagueiro do Juventude impede um gol de Ronaldo com a mão. O presidente Guilherme Bellintani já tinha avisado que o Tricolor iria à CBF protestar.

“Lances que mancham o campeonato. Esse árbitro entende a importância do futebol na vida das pessoas? Nem chamado pelo VAR aceitou marcar o pênalti. O que fazer? Protesto, ida à CBF e tudo que for possível. E um esforço para acreditar que isso é “apenas” um erro de arbitragem”, escreveu o mandatário, em seu Twitter.

Vitor, porém, fez uma ressalva. “Mas nada disso será suficiente enquanto não acontecer uma mudança profunda na comissão de arbitragem. Não dá mais para tolerar fatos como o que vimos ontem”, pontuou.

O Bahia está com 33 pontos, a três de distância do próprio Juventude, que abre a zona de rebaixamento da Série A do Brasileirão. (BN)