Black Fraude? Loja em shopping de Salvador é autuada por vender fogão em ‘promoção’ com preço original: ‘Suposto desconto era de R$ 400’

Humberto Viana, diretor-geral da Diretoria de Ações de Proteção e Defesa do Consumidor (Codecon) — Foto: Reprodução/TV Bahia

Uma loja de eletrodomésticos, que fica dentro de um shopping de Salvador, na Avenida Antônio Carlos Magalhães (ACM), foi autuada nesta sexta-feira (26), dia da Black Friday, por vender um fogão em uma falsa promoção.

Equipes da Diretoria de Ações de Proteção e Defesa do Consumidor (Codecon) identificaram que o estabelecimento estava anunciando um suposto desconto de R$ 400, em um produto que, na verdade, estava com o valor original de vendas. O nome da loja não foi divulgado.

A fraude na promoção foi identificada porque, dias antes das ofertas de Black Friday, as equipes de Defesa do Consumidor fizeram pesquisas de preços em várias lojas da capital baiana, há cerca de 30 dias.

“Nós fazemos isso para evitar que os vendedores mantenham os preços antigos, como preços promocionais. Uma das ações que estamos fazendo hoje é fazer comparativo de preços. A loja que está sendo autuada por vender eletrodoméstico com um suposto preço promocional, mas mantendo o preço antigo. Neste caso, foi um fogão”, explicou Humberto Viana, diretor-geral da Codecon.

“No dia que fizemos a pesquisa, ele estava de um determinado valor, e agora continua neste mesmo valor, como sendo da promoção da Black Friday, com uma suposta diferença de R$ 400”.

O diretor-geral do órgão explica que depois de autuada, a loja responderá a um processo e será multada por falsa propaganda de promoção.

“A multa pode variar de R$ 900 a R$ 9 milhões. Vai ser lavrado um auto de infração, e a partir daí vai haver um processo administrativo e a loja vai ter que se explicar e passar por todo o processo que o Codecon administra”, detalhou.

Nesta sexta, equipes da Codecon estão espalhadas em vários pontos comerciais da capital, para fiscalizar se as vendas estão sendo feitas adequadamente, com os valores de promoção prometidos. O consumidor que identificar falsas promoções pode denunciar para o órgão.

“Estamos também atuando em alguns bairros e estamos também de plantão. O consumidor pode acionar a Codecon através do nosso aplicativo, que é o Codecon Mobile, ou através do nosso site, codecom.salvador.ba.gov.br, ou através do 156″, pontuou.

“Também é importante frisar que a Codecon disponibilizou, para os lojistas, um selo com o CDC Digital, que é uma forma que o consumidor tem, se precisar, de forma online para buscar os seus direitos através do Código de Defesa do Consumidor”. (G1)