Bolsonaro a repórteres: ‘Se excesso jornalístico desse cadeia, vocês estariam presos’

0
95
-
Foto: Isaac Amorim/Divulgação Ministério da Justiça

O presidente Jair Bolsonaro voltou a criticar a imprensa nesta sexta-feira (9), ao comentar, ao lado do ministro Sérgio Moro (Justiça), sobre mudanças planejadas em relação ao excludente de ilicitude.

“Entra o excludente de ilicitude para operação do GLO [Garantia da Lei e da Ordem]. O que o bandido tem de aprender? Que deve respeitar as Forças Armadas e as forças auxiliares e ponto final. É só fazer duas ou três operações com o excludente de ilicitude que a bandidagem vai acabar”, afirmou o presidente, segundo o site Metrópoles.

Quando Moro fazia um comentário sobre os códigos penais da Alemanha e de Portugal, Bolsonaro o interrompeu e acrescentou: “Se excesso jornalístico desse cadeia, todos vocês estariam presos”.

Ao postar um vídeo do momento da declaração no Facebook, o chefe do Palácio do Planalto escreveu: “Queremos tirar o ‘excesso’ do Código Penal, afinal atirar num bandido duas ou mais vezes deve ser motivo de comemoração (sinal que o policial está vivo), e não de condenação. Já os excessos dos jornalistas…”. (bahia.ba)

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui