Bolsonaro descarta possibilidade de estabelecer taxas para igrejas

0
58
-
Foto : Antonio Cruz/Agência Brasil

O presidente Jair Bolsonaro descartou hoje (7) a possibilidade de estabelecer taxas para as igrejas, que atualmente possuem imunidade tributária no Brasil. O presidente ainda defendeu defendeu simplificar a prestação de contas de entidades religiosas.

“Chega de taxar os outros. Uma coisa importante também é descomplicar. Não pode cada igreja ter que ter um contador, ninguém aguenta isso”, comentou o presidente.

Evangélicos reclamaram da obrigação de organizações religiosas pagarem imposto sobre a renda dos pastores. Questionado sobre querer facilitar a vida de pastores, Bolsonaro afirmou que quer apenas “fazer justiça”. Embora protegidas por lei de tributação na sua arrecadação, as igrejas possuem obrigações acessórias para obter a isenção, o que pode gerar multas. (Metro1)

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui