“Brasil voltou a ser um país da família”, diz Damares Alves durante evento na Hungria

0
31
-
Agência Brasil

A ministra dos Direitos Humanos, Damares Alves, representou o Brasil na Cúpula da Democracia, evento que reuniu líderes de diferentes países, religiosos e entidade em Budapeste, na Hungria.

Entre as falas polêmicas da ministra, algumas se destacaram, a exemplo de “a imigração deve ser evitada”, “famílias são aquelas formadas entre homem e mulher” e “as agências da ONU são inimigas das crianças do ocidente e uma ameaça maior que mudanças climáticas”.

- Anúncio -

Além disso, Damares Alves afirmou que o feminismo é uma ameaça ao casamento tradicional. “O Brasil voltou a ser um país da família”, declarou a ministra, referindo-se à candidatura do presidente Jair Bolsonaro (PSL).

Entre os planos de gestão anunciados por Damares Alves esteve a disposição do Brasil de liderar um bloco “pró-família” na Organização das Nações Unidas. Ela esteve acompanhada por representantes do Departamento de Direitos Humanos do Itamaraty. (BNews)

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui