Cachoeira: Reunião discute ameaça de demolição de 120 casas

Foto: Divulgação

Moradores da comunidade de Viradouro, Recôncavo da Bahia, correm risco de ter as casas demolidas. Nesta segunda-feira, 23, às 8h, a Prefeitura realizará uma reunião no Espaço da Estação Ferroviária para tratar do assunto.

A gestão municipal é contrária à ação e a reunião tratará sobre o apoio em defesa da comunidade e dos moradores.

Em 2021, segundo a prefeitura, dois supostos técnicos da empresa VLI Multimodal S.A estiveram no local e informaram que as mais de 120 casas que margeiam o trilho do trem seriam demolidas.

A informação passada, segundo a gestão municipal, foi que todas as casas que margeiam os trilhos do trem teriam que ter no mínimo 15 metros de distância.

A Prefeitura, por sua vez, afirma que a empresa não realizou audiências públicas nem comunicou nada a respeito.

A prefeita de Cachoeira, Eliana Gonzaga (Republicanos), afirma que vai oferecer apoio jurídico acerca da ação que tramita na justiça sobre o caso.

“A comunidade de Viradouro está mobilizada contra a demolição de suas casas”, diz Eliana. (ATarde)