Cairu: Prefeito suspende contrato de operadora de terminal de Morro de São Paulo

A prefeitura de Cairu, no Baixo Sul baiano, suspendeu o contrato da empresa que geria os terminais marítimos de Morro de São Paulo e da Gamboa. A medida foi tomada nesta terça-feira (5) após denúncias de que a concessionária, Transportes Dattoli Ltda-Me, ter feito cobrança indevida de taxa de circulação a estudantes, chegando a impedir a passagem desses usuários.

Conforme o prefeito de Cairu, Hildécio Meireles, a terceirizada violou a Lei Municipal 640, de 21 de março deste ano, que concede isenção do pagamento da Tarifa de Utilização de Terminais (Tute) aos moradores e trabalhadores de Cairu. Além disso, a empresa foi denunciada de praticar maus-tratos aos usuários.

Ao G1, a Transportes Dattoli Ltda-Me negou que tenha cobrado tarifa de quem é isento. Mesmo com a suspensão do contrato da operadora, segue normal o transporte entre os dois terminais. A operação é feita pela Associação de Transporte Marítimo (Astram).

No último sábado (2), a tarifa de embarque das escunas para Morro de São Paulo subiu de R$ 2,20 para R$ 10,90; A medida foi tomada pela Agerba [Agência Estadual de Regulação de Serviços Públicos de Energia, Transportes e Comunicações da Bahia]. (BN)