Com alta de mortes em 21 estados e no DF, Bolsonaro diz que Brasil vive ‘finalzinho de pandemia’

Foto : Isac Nóbrega/PR

O presidente Jair Bolsonaro disse nesta quinta-feira (10) que o Brasil está vivendo o fim da pandemia, durante inauguração do eixo principal da nova Ponte do Guaíba, na BR-290, em Porto Alegre.

“Ainda estamos vivendo o finalzinho de pandemia. O nosso governo, levando-se em conta outros países do mundo, foi aquele que melhor se saiu, ou um dos que melhores se saíram na pandemia”, disse.

Na noite de ontem (9), o consórcio de veículos de imprensa divulgou novo levantamento da situação da pandemia de coronavírus no Brasil a partir de dados das secretarias estaduais de Saúde. O país registrou 848 mortes pela Covid-19 nas últimas 24 horas. Com isso, a média móvel de mortes no Brasil nos últimos 7 dias foi de 643, a mais alta registrada desde 6 de outubro

Os dados apontam que 21 estados e o Distrito Federal apresentaram alta na média móvel de mortes: PR, RS, SC, ES, MG, SP, DF, GO, MS, MT, AC, AP, RO, RR, TO, BA, CE, PB, PE, PI, RN e SE. Esta é a primeira vez que tantos estados aparecem simultaneamente com tendência de alta nas mortes pela doença desde que o consórcio começou a acompanhar essas tendências, em 9 de julho.

“Devemos levar tranquilidade à população e não o caos. O que aconteceu no início da pandemia não leva à nada. Lamentamos as mortes profundamente e assim sendo, vamos vencendo obstáculos”, completou o presidente. (Metro1)